Além de conhecer o local das gravações de uma de suas séries favoritas, a Isa viajou à Colúmbia Britânica, no Canadá, para aprender inglês. Seria o nosso sonho?

Por Carol Salomão | Crédito das imagens: arquivo pessoal

Dicas essenciais para planejar um intercâmbio no Canadá 

Foto: Shutterstock

A viajante: Isabela Fidalgo 
Origem: São Paulo (SP) 
Destino: Burnaby, Canadá
Duração da viagem: 6 meses

Escolhi o Canadá por ser um país que ainda não conhecia, para aprender sobre a cultura e os costumes, além de treinar o inglês. Antes do intercâmbio, porém, sabia que muitos filmes e séries tinham sido gravados lá, como Teen Wolf e Once Upon a Time – até visitei a cidade onde a equipe filma os episódios –, mas não quis pesquisar muito sobre o lugar, para encontrar surpresas! Meus pais também sempre quiseram que eu viajasse para o exterior e me apoiaram na decisão. Então, fui a três agências diferentes, e como os preços e pacotes eram parecidos, escolhi a IE pelo atendimento e atenção que recebi. Resolvi fazer o high school por seis meses em uma escola pública. Meu colégio era um dos menores do distrito e gostei bastante disso, pois todos se conheciam. Só que achei mais fácil de me enturmar com outros estudantes internacionais, que também estavam doidos para fazer novas amizades. Todos são simpáticos e curiosos em conhecer a nossa cultura, então perguntas não faltam! Quanto à hospedagem, fiquei em casa de família, com um quarto só meu, tendo a mesma vivência dos canadenses. Tanto que as melhores partes da experiência foram as amizades que criei e a família que me acolheu. Já a pior... Difícil de pensar em uma, talvez a dificuldade de me acostumar com a comida #risos. Mas havia variedade, consegui comer um pouquinho da culinária de cada país. E é claro que experimentei o Maple – uma espécie de xarope – e a infinidade de doces que fazem com ele! Antes de viajar, eu tinha medo em relação à família que iria ficar; se iria me adaptar ao país, mas nunca tive problemas em lidar com a saudade, porque sempre nos falávamos por Facetime e tínhamos um grupo para atualizar as novidades. Uma coisa legal foi que, logo no começo do intercâmbio, o Distrito Educacional de onde fiquei organizou algumas excursões para conhecermos os pontos mais famosos de lá, além de apresentar as viagens pagas, em que poderíamos esquiar, visitar outras cidades, etc. Além disso, durante o ano, os próprios professores organizavam palestras, visitas às faculdades e até patinação no gelo! Entre os passeios que mais gostei estão Whistler – cidade em que as Olimpíadas de inverno de 2010 aconteceram –, English Bay, Lynn Canyon, Stanley Park, Ponte Suspensa Capilano e Ilha Grainville. No dia a dia, como estava muito frio quando fui, íamos bastante ao shopping e em casa de amigas. Antes, eu pensava que eles não gostavam de fazer amizades e eram mais fechados, mas é mentira. Eles adoram conversar e puxar assunto! Por isso, o momento da despedida foi muito marcante. Naquele momento, percebi que tive uma experiência para a vida toda, com pessoas especiais. Também aprendi a ser mais independente e madura, a lidar com certos problemas e ir atrás do que quero. Sem dúvidas, esta viagem valeu muito a pena!”. 

Duas coisas mais legais...-  As pessoas! Elas estão dispostas a ajudá-la e são muito corretas, além de existir bastante respeito em relação à natureza. - Tudo funciona perfeitamente e me senti supersegura! 

... E uma coisa chata - Os estabelecimentos abrem tarde e fecham muito cedo. É outro ritmo do que estamos acostumadas no Brasil. 

Partiu, Canadá!

- O Maple, citado pela Isa, é um xarope vindo da árvore mais conhecida do lugar, cuja folha se tornou um dos símbolos do país – presente na própria bandeira! Ele é mais utilizado como cobertura de panquecas e waffles. Hmmm!

- Se não quiser pagar pelo ingresso para a ponte de Capilano, escolha a Lynn Canyon. Além de ser uma ponte suspensa no meio de um parque incrível, a entrada é gratuita. 

- A Colúmbia Britânica é considerada o lugar com temperaturas mais amenas no Canadá (a costa oeste). Ou seja, o verão não é tão quente e raramente neva durante o inverno, enquanto lugares como Toronto e Ottawa podem chegar a -20°C #OMG. 

- Apesar de o basquete ter sido inventado por um canadense – o professor de Educação Física James Naismith –, o esporte que se tornou paixão nacional #realoficial é o hóquei! 

- Além de Justin Bieber, o Canadá é o país de origem de celebs como Avril Lavigne, Shawn Mendes, Carly Rae Jepsen e Ryan Gosling. Com qual deles você gostaria de esbarrar por lá?