Não é fácil ver neve no Brasil, então quando a Ju chegou ao Canadá e deu de cara com uma nevasca, em vez de se desesperar, ela comemorou. Vem saber mais sobre a sua viagem!

Foto: Arquivo Pessoal

A viajante: Juliana Almeida, 17 anos
Origem:
São Paulo, SP
Destino:
Belleville, Canadá
Duração da viagem:
cinco meses

“Já estava querendo fazer um intercâmbio há tempos. Como uma amiga havia acabado de voltar do Canadá e falou superbem de lá, pensei em ir também. Procurei a agência de intercâmbio cinco meses antes, escolhi a cidade e a escola onde ia estudar, preenchi todos os documentos e formulários e, quando me dei conta, já estava comprando roupas para encarar o frio canadense e arrumando as minhas malas!

Quando cheguei lá estava nevando muito! Confesso que me emocionei tanto que comecei a chorar, nunca tinha visto neve. E pela nevasca, fiquei esperando quase meia hora até virem me buscar. Acabei indo para a escola onde minha host mother trabalha, já que não tinha ninguém em casa e ninguém conseguia sair para ir ao aeroporto também. Eu já havia conhecido minha host family antes de viajar, por Skype, e isso foi bem legal, pois eu sabia como eram as pessoas que iriam me receber.

A escola onde estudei era simplesmente linda! Com aqueles corredores de armários, como nos filmes que a gente vê na TV, sabe? No começo fiquei meio perdida: chegava atrasada em todas as aulas porque as salas mudavam de acordo com as matérias. Para ter o curso aceito pelo Ministério da Educação brasileiro, precisava escolher, no mínimo, quatro matérias: inglês, matemática, história e alguma ciência (escolhi biologia). Éramos em muitos intercambistas na escola, então a aula de inglês era específica para nós.

Foto: Arquivo Pessoal

Enquanto estive lá, peguei dias muito frios. Logo no início, mesmo se eu saísse com o meu casaco mais quente e usasse botas, sentia como se estivesse congelando! Precisei comprar roupas novas e fiquei três dias sem aula porque o ônibus da escola não conseguia chegar em casa devido à nevasca.

Uma vez por mês eu fazia uma viagem com vários intercambistas para outras cidades do Canadá. Conheci gente da Rússia, da Espanha, da Turquia... Aprendi um pouquinho de vários idiomas! Além das viagens, quando tinha um tempo livre gostava de ir ao shopping com o pessoal que conheci na escola, para ver um filme no cinema ou tomar um chocolate bem quentinho... Era uma delícia!”

Já para o Canadá!

Gostou da história da Ju? Então fique ligada no que você precisa saber para curtir essa mesma viagem:

- O Canadá é a terceira nação mais procurada por intercambistas do Brasil. É possível viajar para estudar, trabalhar ou as duas coisas juntas.
- Ir para o Canadá é uma chance para praticar esportes radicais na neve, como esqui e snowboard. Se joga, menina!
- É possível praticar dois idiomas em um mesmo país. Montreal foi colonizada tanto por ingleses quanto por franceses, então é uma chance de aprender a falar as duas línguas.
- Não pense que ir para o Canadá significa passar frio o tempo todo. Durante o verão, Toronto tem vários dias de sol e céu azulzinho!

Agradecimento: Bil Intercâmbios e Turismo – www.bil.com.br.