Saiba como se tornar querida por todos com as dicas de uma expert no assunto

A queridinha da galera

Conheça as dicas para se tornar a queridinha da galera
Foto: Mário Leite

Vanessa Kignel, 15 anos, é uma garota popular. Mas nem pense naqueles filmes teens em que esse tipo de menina é a mais nariz-empinado do universo. A Vanessa é o exemplo positivo do que significa ser pop. “Ela é divertida e, se alguém precisa de ajuda, está sempre pronta”, entrega Juliana Harari, 15 anos, uma das centenas de amigas da Van. “A Vanessa transmite uma boa energia e é muito alto-astral”, acrescenta Patrícia Valera, 15 anos. Já dá para imaginar por que ela vive cercada de gente bacana, tem 918 amigos, 8.675 recados e 148 depoimentos no Orkut. Isso também explica o enorme sucesso que ela faz com os meninos. Ficou com inveja? Siga as dicas da expert!

1. Seja sociável
Fale com todas as pessoas, sem preconceitos. Mas não queira dar uma de amiga só de bobeira. Amigo é amigo e pronto. É necessário comparecer. Do contrário, é a mesma coisa que ter namorado e esquecer que ele existe. Você precisa dar atenção aos seus amigos.

2. Esconda a vergonha debaixo da cama
Mesmo que fique tímida em algumas situações, tente expressar mais o que sente, seja por meio de um abraço apertado naquele amigo de quem você tanto gosta ou dando uma bronca na garota que a está tirando do sério. As pessoas autênticas conseguem funcionar como uma espécie de ímã, pois são confiáveis. “A Vanessa não tem vergonha. Ela conversa com todo mundo”, explica Natália Lima, 15 anos, amiga da Van. Portanto, chegue em todo mundo sem medo de ser feliz e tire de letra até as situações constrangedoras. Assim, as pessoas se sentirão à vontade para brincar com você também e os laços de amizade vão acabar pintando naturalmente.

3. Esteja sempre de bom humor
Nada de cara fechada, hein?! Uma garota popular é aquela que está sempre com um sorriso no rosto. Claro que a pop também tem direito a TPM e de discutir com os pais, mas, lembre-se: ninguém tem culpa do que acontece na sua vida. E não é pelo fato de ser superpopular que todo mundo precisa saber que você não está em um dia bom. Fique na sua, mas nada de descarregar a tensão pelos seus problemas em quem não merece.

4. Dê valor a você
Uma das dicas da Vanessa para ser popular é se valorizar. Não que ela se ache o máximo. Nada disso! “É que as pessoas só vão gostar de você se você se amar”, diz. Entendeu a fórmula? Esse truque serve principalmente para os meninos, afinal, ninguém tem o direito de magoá-la.

5. Coloque-se no lugar dos outros
Antes de julgar (na verdade, é melhor não agir assim nunca), tente se imaginar na pele da outra pessoa. Compreensão é a palavrachave quando o assunto é amizade. Dessa maneira, todo mundo vai querer falar com você.

6. Não faça diferença entre as pessoas
Uma garota popular de verdade respeita todas as pessoas, independente da tribo em que ela se encaixa. Portanto, faça como ela e jogue o preconceito no lixo!

7. Esteja sempre disposta
Seja para ajudar aquela amiga a estudar ou para organizar uma festa bem badalada. “A Vanessa é uma ótima amiga. Ela está sempre alegre e é muito difícil dar um bolo em alguém”, garante Victoria Gordon, 16 anos. Então, mãos à obra!

8. Saiba ouvir
Se você quer ser uma amigona de verdade e ajudar qualquer um que a procure, apenas ouça. Não critique, não condene e tente, a todo custo, ser positiva. Quem precisa desabafar é a outra pessoa e sua obrigação é apenas ouvi-la. Deixe suas opiniões para momentos menos tensos. Na verdade, somente para quando pedirem.

9. Reconheça seus erros
Não é por causa da sua fama que a razão é sempre sua. Se pensa assim, deve imaginar que a Britney Spears está fazendo bonito ao sair por aí bebendo à toa, não é? Então, que tal assumir que agiu muito mal e se desculpar numa boa?

10. Não seja controladora
Tudo bem que a garota popular, normalmente, está por dentro de todas as fofocas (afinal, fontes não faltam). Mas não é por isso que ela tem o direito de saber de tudo e de querer dar a última palavra sempre. Por outro lado, não vá pensando que uma pop não precisa de ajuda. Muito pelo contrário. Ela é tão normal como qualquer outra menina e deve, sim, aceitar apoio de quem oferecer.