Assine

Será que sou bissexual? Se você em algum momento já fez essa pergunta, vem cá, ajudamos a descobrir o que tá rolando e deixando-a tão confusa

Texto Redação | Consultoria Marcela Lima, psicóloga comportamental | Foto Shutterstock

Gif | Tumblr | Reprodução

Bi... o quê?

A bissexualidade é uma orientação sexual/ emocional. Uma pessoa que é bissexual sente atração por indivíduos do mesmo sexo e do sexo oposto também. Não existem sinais que demonstrem que você é ou não bissexual e também não há nada de anormal em sentir desejo pelos dois sexos. Vale lembrar que a adolescência é uma fase de experimentação e formação, portanto, o fato de ter experiências sexuais com pessoas do mesmo sexo não é um “sinal” de que a pessoa seja bissexual ou homossexual.

Conto ou não?

Se chegou à conclusão de que realmente gosta de ambos os sexos, fique tranquila, a vida segue normalmente. Você não deve sair contando para todos, a não ser que queira. Você escolhe com quem deseja compartilhar suas informações íntimas.

E meus pais?

Cada caso é diferente e não podemos esquecer que, infelizmente, ainda são praticados casos de violências contra adolescentes que não são heterossexuais. O melhor a fazer é pensar nas consequências e se você está pronta para assumir os resultados. Planejar o melhor momento para contar e pedir a ajuda de pessoas experientes, caso seja necessário, é um caminho mais seguro. Talvez a reação inicial dos seus pais seja negativa, então é importante ter paciência.

 

Gif | Tumblr | Reprodução

Revista Atrevida | Edição 258

Beijar o cara dos sonhos e ... achar uma droga! Isso é supernormal e acontece com todo mundo pelo menos uma vez na vida! Para ajudá-la a sair dessa já, a Atrê dá as dicas

Consultoria Marcela Lima, psicóloga clínica | Ilustração: Isabela Santos

Beijo #fail

Ilustração: Isabela Santos

1. Descubra do que cada um gosta

Para entender do que não gosta no beijo dele você precisa saber o tipo de beijo que agrada aos dois. Quem sabe depois de uma conversa tudo não se encaixa?

2. Mudanças

Quando passamos um tempo beijando o mesmo menino é comum se acostumar com o beijo dele. Será que esse boy beija mal ou é diferente?

3. Você está a fim?

Vale a pena rever como anda o relacionamento de vocês. Quando algo não vai bem, qualquer coisa que a pessoa faz pode parecer ruim. #fato

4. Dê dicas

Que tal dar algumas dicas para o pretê? Assim você deixa claro para ele o que gosta.

5. Desencane

Muitas vezes, não adianta conversar, tentar e se esforçar, o beijo não encaixa. E não tem nada de errado nisso. Tente se afastar da mesma forma que gostaria que fizessem com você. E lembre-se: só porque não gostou do beijo dele, não quer dizer que ele beije mal.

Gif | Tumblr | Reprodução

Revista Atrevida | Edição 248

Ainda não sabe se o boy está a fim ou não? O nosso tradutor ajuda você a decifrar qual é a dele. Se liga e arrase na paquera!

Texto por Aline Marchiori |  Adaptação web: Marília Alencar

Tradutor do beijo

Gif | Tumblr | Reprodução

Beijo na bochecha

O que achamos: Ah, ótimo! Apenas me deu um "oi" quando achei que iria me paquerar.

O que eles querem dizer:

Considero você, acho fofa, mas isso não quer dizer nada.

Beijo na testa

O que achamos:

Ah! Ele é fofo, mas me vê como amiga...

O que eles querem dizer:

Tenho muito carinho e quero cuidar de você.

Gif | Tumblr | Reprodução

Beijo na mão

O que achamos:

Estranho... De que planeta ele veio?

O que eles querem dizer:

Sou muito tímido para dar um beijo em sua bochecha.

Gif | Tumblr | Reprodução

Beijo na orelha

O que achamos

Oi? Quem faz isso? Agora meu ouvido está apitando!

O que eles querem dizer:

Estou aqui sempre pronto para você!

Beijo na boca

O que achamos:

Quero que você seja a minha Hazel Grace, okay? Okay!

Gif | Tumblr | Reprodução

O que eles querem dizer:

Estou super na sua e se você quiser, podemos namorar!

Beijo no ombro

O que achamos:

Será que ele está querendo ver se sou cheirosa?

O que eles querem dizer:

Quero estar mais perto de você!

Gif | Tumblr | Reprodução

Emoji de beijo

O que achamos:

Ele adora emojis, hein?

O que eles querem dizer:

Estou testando para ver se você se abre comigo e manda de volta.

Gif | Tumblr | Reprodução

Revista Atrevida / Edição 254

Você idealizou o date perfeito, mas, no fim, saiu tudo errado? Estamos aqui para ajudá-la! Com o nosso tutorial de como lidar com o inesperado, você vai enxergar que nem sempre o diferente é ruim ...

Gif | Tumblr | Reprodução

Situação 1

Expectativa

Ter o primeiro encontro com o boy no parque da cidade e beijar embaixo de uma árvore, durante um piquenique com uma música inacrê de fundo. Ai, ai...

Realidade
O encontro acontece na festa da galera, na casa de um amigo. O primeiro beijo? Rola na garagem cheia de poeira, com ferramentas de pano de fundo. Quem nunca?

Como lidar
Mais legal do que um cenário perfeito é um encontro espontâneo, em que os dois se aproximam, não porque marcaram data, mas porque foi impossível ficar longe.

Gif | Tumblr | Reprodução

Situação 2

Expectativa
Você e a best combinaram que sempre estariam juntas, não importa a situação. E nunca, em hipótese
alguma, trocariam uma amizade verdadeira por um garoto.

Realidade
A BFF começou a namorar e, desde então, não tem mais tempo nenhum para você. Pra piorar, ela se tornou aquela pessoa que lê as mensagens no WhatsApp e não responde.

Gif | Tumblr | Reprodução

Como lidar

Lembra quando você se apaixonou e sua mãe dizia que estava “com a cabeça nas nuvens”? É o que ela está vivendo agora. Início de namoro é uma loucura. Seja paciente, isso vai passar!

Situação 3

Expectativa
Chegar ao primeiro dia de aula e dar de cara com um gatinho novo na classe. Vocês se olham e fica claro: uma hora ou outra, vai rolar! Ele é perfeito para você.

Gif | Tumblr | Reprodução

Realidade
Não há ninguém novo, só os amigos de sempre e os boys esquisitos de sempre. E alguns até estão mais estranhos do que antes. Ó vida, ó tédio...

Como lidar
Não é porque não tem um boy novo que você precisa se desesperar. Coisas novas acontecem o tempo todo ao nosso redor, basta prestar atenção.

Gif | Tumblr | Reprodução

Situação 4

Expectativa
Passar as férias de julho na Disney, só com os seus pais e irmão. Serão dias de muita adrenalina, magia e compras, é claro. Você já prevê: seu Insta e Snap vão bombar com as fotos da viagem.

Realidade
Você na casa da sua tia, com mais 20 pessoas da família. Lá não tem TV a cabo nem internet e, às  vezes, falta água quente. E o pior, você precisa ficar horas esperando para tomar banho.

Gif | Tumblr | Reprodução

Como lidar
As suas férias dependem dos seus pais - e do dinheiro deles. E o mundo adulto é mais complicado do que parece. Esqueça um pouco a tecnologia e aproveite os momentos em família.

Gif | Tumblr | Reprodução

Situação 5

Expectativa
Encontrar o seu ex-namorado quando você estivesse toda linda, com os cabelos ondulados tipo “acabei de sair do mar”, uma roupa incrível e um make que a deixasse naturalmente maravilhosa.

Realidade
Vocês se trombam na rua da sua casa, em pleno domingo de manhã. Seus olhos inchados entregam que você acabou de acordar, e o moletom cinza que vestia era, na verdade, uniforme do colégio antigo.

Gif | Tumblr | Reprodução

Como lidar
Com naturalidade. Sorria, cumprimente, pergunte algo sobre a família dele e corte logo o papo. Se é ex não precisa ficar dando muita moral, né? Foca no futuro, porque a fila tem de andar!

Revista Atrevida | Edição 251

Ninguém está livre de levar um pé na bunda. A gente não gosta nem de pensar nisso, mas o fato é que é possível dar a volta por cima e tirar várias lições dessa experiência. Quer ver só?

Texto Veridiana Mercatelli | Foto Shutterstock | Adaptação web: Marília Alencar

Existe vida após o fora?

Foto: Shutterstock

Lidar com a rejeição não é das coisas mais simples deste mundo. Se já é difícil aceitar de boa ser escolhida por último para fazer parte do time de basquete na aula de educação física, imagina quando o assunto é a vida amorosa. Quem diz que isso é bobagem, ou só está dizendo para amenizar a situação ou, de fato, nunca sentiu essa dor do fora. E com o fora, normalmente vem uma pergunta quase inevitável: “O que foi que eu fiz?”. Segundo a
psicóloga do Centro de Atendimento e Apoio ao Adolescente do Departamento de Pediatria da Unifesp, Teresa Helena Schoen Ferreira, ninguém termina porque o outro fez alguma coisa (a não ser em casos de traição, claro). A “culpa” não é sua, o que acontece é que o relacionamento não deu certo. Pode haver algumas características de vocês dois que  simplesmente não batem. A saída, então, é pensar no que você tem de bom. Esqueça o que ele falou a seu respeito como justificativa para terminar e pense somente em suas qualidades. Agora, é o momento de recuperar a autoestima, que provavelmente está abalada. Aqui vão mais algumas dicas para levantar esse astral rapidinho:

Gif | Tumblr | Reprodução

• Não dê ouvidos se alguém disser que você é idiota por estar sofrendo. Seu sentimento é, sim, real.

• Aceite as coisas boas que as pessoas estão dizendo sobre você, não duvide delas.

• Permita-se chorar no seu canto, aceite o sentimento e não lute contra ele. Você vai ver como a tristeza vai passar mais rápido.

• Gaste toda a energia que gastava com o namoro com você mesma. Cuide do visual, dos seus planos de vida, estude... Não perca seu futuro de vista!

• Saia com as amigas. E, em um primeiro momento, evite sair com casaizinhos. Você vai querer vomitar (e não é arco-íris) com o chamego alheio.

• Nada de colocar o ex no pedestal! Ele não é um santo e o namoro, assim como todos os outros, provavelmente também teve seus maus momentos. Tente se lembrar deles.

• Mesmo que você queira voltar, entenda: agora não é a hora! Se tentar voltar estando deprê, aí é que o
menino não vai querer ficar com você. Melhore primeiro. Pode ser que, em pouco tempo, você perceba que este fim de namoro foi a melhor coisa que aconteceu em sua vida.

• Se a fase de choro se prolongar muito e estiver difícil de lidar, não tenha vergonha de procurar uma ajuda, seja com psicólogo, com alguma pessoa mais velha, como professora, irmã, prima, mãe... Você não precisa enfrentar tudo sozinha!

Revista Atrevida | Edição 245

Um boy resolveu ficar na sua cola. O que seria ótimo se não tivesse um problema: você não está a fim dele! Veja como virar esse jogo sem chatear o pretê!

Texto Redação | Ilustração: Isabela Santos | Consultoria Marcela Lima, psicóloga clínica

Beijo, não me liga!

Ilustração: Isabela Santos

  • Seja clara!


Nada de ficar enrolando ou dando esperanças para o menino como forma de evitar uma conversa chata. Fale com delicadeza, agradeça o interesse, mas não deixe que ele acredite que você pode mudar de ideia ou fique com dúvidas sobre o que você disse.

  • Seja discreta


Pense no melhor lugar e momento para dispensar o gato. Falar na frente dos amigos dele ou sair contando para todo mundo o que aconteceu pode deixar o boy muito envergonhado (e triste!). Sinceridade em primeiro lugar Não tente inventar desculpas para justificar a sua falta de interesse, pois isso pode magoar ainda mais uma pessoa que gosta de você. A gente não escolhe de quem gosta e ele com certeza já teve de fazer o que você está fazendo.

  • Coloque-se no lugar dele


Problemas podem ser evitados quando tratamos os outros da maneira como gostaríamos que eles nos tratassem. Tente se colocar no lugar do garoto sempre.

Revista Atrevida | Edição 251

Tá certo que conquistar alguém ainda é uma arte que conta com alguns truques. Mas muitas das dicas que são consideradas “de sucesso” não têm mais nada a ver. Entenda!

Texto Veridiana Mercatelli | Foto: Shutterstock 

Quebre algumas regras que ficam na sua cabeça

Foto: Shutterstock

Desde que sua avó – bisavó, tataravó... – era uma adolescente, já existiam truques de conquista, tanto para as garotas quanto para os meninos. Acontece que (aleluia) evoluímos todos e muito do que um dia foi regra, está out. Até porque, né? Quem precisa de regras quando existe sentimento? Mesmo assim, sabemos que chegar no boy pode ser um pouco complicado. É por isso que mostramos agora o que pode (ou não) funcionar na hora da conquista!

Regra 1
Faça joguinho de sedução
#SQN

Esta é aquela velha história que escutamos desde criança e, cá entre nós, já estamos cansadas de ouvir. A regra é a seguinte: você dá atenção, some do mapa duas horas depois, é toda fofa, mas ignora no dia seguinte... Tudo para que o cara fique confuso, mas interessado (como assim?). Ok, não sabemos quem foi que inventou essa ~regra~ no passado, mas convenhamos: a vida é prática, a fila anda e quem é que tem paciência para ficar nesse joguinho chato de gato e rato? Você ia curtir se o boy fizesse isso? Cansamos só de pensar nessa situação. O fato é: gostou, gostou, não gostou, segue a vida!

Gif | Tumblr | Reprodução 

Regra 2 
O menino deve pagar tudo
#SQN

Claro que se no primeiro encontro ele se oferecer para pagar o seu almoço (ou sorvete, jantar, cupcake...), é porque ele pode e quer ser gentil com você. Então, aceite de boa! Mas seria bom não sair com ele esperando essa atitude desde o começo, como se isso fosse uma obrigação - o que definitivamente não é. Já pensou que ele pode querer conhecê-la melhor, mas está sem grana pra bancar vocês dois? Se rolar essa pressão o menino pode desencanar com medo do que você pode pensar. Ao mostrar o seu interesse em pagar a sua parte, você revela um respeito por ele também. Dividir não custa nada, vai!

Gif | Tumblr | Reprodução 

Regra 3 
Ele é quem chama pra sair sempre 
#SQN

Fala sério, hein! Qual é o problema em dar a ideia de ir a um cinema ou até à lanchonete que você tanto curte? Os meninos evoluíram e não vão pensar que é o fim do mundo se uma garota convidá-los pra sair (sério mesmo!). Pelo contrário! Os tímidos, principalmente, agradecem essa atitude toda. Porém, vale lembrar que é legal falar com jeitinho (infelizmente, os caras ainda se assustam se a menina for direta demais – é que certas coisas ainda estão em processo de mudança). Há várias maneiras de mostrar interesse sem se expor demais e isso pode ser feito com aquele charme que nós sabemos que só você tem. Arrasa, girl! Aproveite o momento.

Gif | Tumblr | Reprodução 

Regra 4 
Pense nele quando se vestir 
#SQN

Até entendemos que você quer impressionar o garoto e deixá-lo caidinho, mais apaixonado do que nunca na vida, mas de nada adianta fazer uma produção baseada no que você ACHA que ele vai curtir se não tiver nada a ver com o seu estilo próprio ou que não a faça se sentir bem e confortável. E mais: se o boy se interessar por você, que seja pelo jeito que é e se sente mais confortável. Isso também vale para a maquiagem. Se você se sentir bonita é porque está mesmo #pensenisso! Imagina começar a namorar o garoto e ter de fingir ser algo que não é todos os dias da sua vida? Péssimo, vai? Seja você e conquiste o boy de vez.

Gif | Tumblr | Reprodução 

Revista Atrevida | Edição 251

#FofuraDoDia Revelamos cinco fases que toda girl passa quando o coração começa a bater mais forte!

Texto por Aline Marchiori/ Foto: Pinterest / Reprodução

Paixão

Foto: Reprodução / Pinterest

Não tem nada mais legal (e maluco!) do que estar apaixonada! Em um momento você está ali, normal, mas é só o garoto aparecer para sininhos tocarem na sua mente. Para homenagear você, que está in love pelo boy, revelamos as cinco fases que toda girl passa quando o coração começa a bater mais forte!

Borboletas no estômago

Toda vez que o garoto se aproxima, além do seu coração parecer uma bateria de escola de samba, o seu estômago fica esquisito.

Diva na escola

Você, que antes ia quase de pijama, passa a ir todos os dias produzida para ele reparar.

A stalker

Você passa a querer saber tudo sobre a vida do boy e stalkeia sem medo todas as redes sociais. E ai de quem ficar com graça com ele!

Sou espontânea #sqn 

Quando ele se aproxima e puxa papo você até tenta agir normalmente, mas isso parece impossível e, quase sempre, rola um mico.

Rindo à toa

Não importa se a sua amiga está contando que levou um fora ou se a professora está dando bronca, se conversa com ele você passa o dia rindo à toa e nas nuvens...

Revista Atrevida / Edição 244

Se apaixonar, às vezes, pode não ser das tarefas mais fáceis. Se o gatinho for amigo do seu irmão ou irmão da sua BFF, então, a situação pode complicar ainda mais. Mas com jeitinho dá pra levar isso numa boa. Veja as dicas da Atrê

Texto Redação / Foto:Shutterstock

Estou apaixonada pelo melhor amigo do meu irmão

Foto: Shutterstock

Você entra em casa e dá de cara com uma cópia perfeita do Harry Styles. Meu Deus! Onde ele estava escondido até agora? O choque dentro do seu coração foi tão grande que você levou alguns minutos para entender que aquele é o novo amigo do seu irmão. Não é que os dois frequentam as mesmas aulas no cursinho e você nem sabia? Foi susto ~e paixão~ à primeira vista. E agora? Como toda história de amor, esta também tem seu lado bom e outro, digamos, complicado...

Vantagem

Vai ser mais fácil aproximar-se do garoto. Sabe como é... Já que ele está sempre na sua casa, rachando de estudar para o vestibular com seu irmão, não custa nadinha levar um suco de laranja gelado para os dois de vez em quando. E, na pausa para o refresco, sempre há uns minutinhos para o papo...

Desvantagem

Seu irmão, seu irmão e seu irmão! Na verdade, tudo vai depender da aprovação (ou não) dele. Se ele cismar em não aceitar suas intenções (leia-se um possível namoro), aí #deuruim.

Como deixar seu irmão fora da sua paquera:

Regra nº 1

Em hipótese alguma imponha ao seu irmão o papel de cupido. Você pode até usar de jeitinho de uma persuasão mais eficaz. De leve, ameace contar à sua nova-paquera-quase-namorada, por exemplo,
quantos WhatsApps de outras garotas ele recebe.

Regra nº 2

Não arrume encrenca com o maninho durante a paquera. Senão, ele é bem capaz de
querer zicar o jogo.

Regra nº3

Mesmo que seu irmão aprove sua nova paixão, sempre existe a possibilidade de interferências dele entre você e o pretê. Se, por acaso, vocês vierem a namorar, logo na primeira briga seu irmão pode se achar no direito de entrar no meio e dar um monte de palpites. Fique esperta! Se rolar algo mais sério, aprenda a impor limites. O amigo pode ser do seu irmão, mas o namorado é seu!

Revista Atrevida / Edição 246

 

Descubra como se livrar do sentimento chato que é o ciúme e não dar mole para que ele destrua os seus relacionamentos! consultoria Marcela Lima, psicóloga clínica

Texto Consultoria Marcela Lima, psicóloga clínica

Ciúme

Foto: Reprodução Instagram

É você ou ele?

Identificar o problema é fácil! Quando você sentir que o ciúme está a levando a agir de forma agressiva – tanto física como verbalmente – é hora de pedir ajuda. Outro sinal é o tempo que você gasta no dia pensando nisso! Agora, se o problema for com o seu namô, você vai perceber que ele tentará controlar
o máximo de coisas que puder, como com quem fala, de quem é amiga, o que vai vestir, etc. Além disso, um cara ciumento costuma não respeitar a sua privacidade lendo as suas mensagens, monitorando as redes sociais, e também critica a maioria das pessoas que se aproximam de você

Vire o jogo!

A melhor maneira de lidar com o ciúme é entendendo a razão de ele acontecer. Este sentimento pode
indicar insegurança, necessidade de reafirmação sobre o próprio valor, alta competitividade e até medo de ser abandonada. Para não deixar que vire uma bola de neve, procure ajuda dos seus pais, de uma amiga próxima ou de um psicólogo. Se não tratado, o sentimento pode evoluir e trazer consequências seriíssimas para a sua vida. Agora, se a neura for do boy, converse com ele sobre o que está incomodando e tente resolver, caso não consigam, aí é hora de procurarem ajuda.

Revista Atrevida / Edição 254

Sentir uma raivinha chata ao ver o boy falando com outra menina é normal. O problema é quando ela começa a ser cada vez mais intensa, fazendo você perder controle

Afinal, a questão é você ou ele?
Identificar o problema é fácil! Quando você sentir o que o ciúme está a levando a agir de forma agressiva – tanto física como verbalmente – é hora de pedir ajuda. Outro sinal é o tempo que você gasta no dia pensando nisso! Agora, se o problema for com o seu namô, você vai perceber que ele tentará controlar o máximo de coisas que puder, como com quem fala, de quem é amiga, o que vai vestir, etc. Além disso, um cara ciumento costuma não respeitar a sua privacidade lendo as suas mensagens, monitorando as redes sociais, e também critica a maioria das pessoas que se aproximam de você!


(Foto: Shutterstock)

Vire o jogo!
A melhor maneira de lidar com o ciúme é entendendo a razão de ele acontecer. Este sentimento pode indicar insegurança, necessidade de reafirmação sobre o próprio valor, alta competitividade e até medo de ser abandonada. Para não deixar que vire uma bola de neve, procure ajuda dos seus pais, uma amiga próxima e de um psicólogo. Se não tratado, o sentimento pode evoluir e trazer consequências seríssimas para a sua vida. Agora, se a neura for do boy, converse com ele sobre o que está incomodando e tente resolver, caso não consigam, aí é hora de procurarem ajuda.

Quer participar da Atrê? A sua dúvida pode ser respondida na próxima edição. Mande um e-mail para atrevida@escala.com.br.

Compartilhar senhas, ciúmes no Facebook... tudo isso acontece no namoro! Mas tem como salvar seu namoro mesmo tendo um perfil em todas as redes sociais

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

Hoje em dia, é difícil ver uma garota que não tenha pelo menos um perfil em alguma rede social. E isso, muitas vezes, acaba causando um certo ciúmes no namorado. Aquele amigo que curtiu sua foto, aquela sua foto com um biquini decotado demais... É preciso paciência e jogo de cintura ao lidar com o boy ciumento demais nessa era digital. 

Pensando em tudo isso, nós da Atrê preparamos um guia para salvar o seu namoro nessa era digital. Se liga e fique esperta para não haver nenhuma invasão de privacidade, ok? 

1. Tem a senha dele? Use-a somente em último caso, tipo o menino precisar de alguma informação e pedir para você checar o e-mail dele. Do contrário, evite.

2. Tente não comentar diariamente com ele tudo o que vê na rede. O garoto vai detestar se sentir supercontrolado – mesmo que esteja sendo, de fato!

3. Se você não conhece a garota com quem ele iniciou uma amizade, não pergunte. Simplesmente acompanhe o papo dos dois de vez em quando, só para ver qual é.

4. Estimule-o a contar o que faz quando está online. Pode ser que ele comente por livre e espontânea vontade coisas que você já viu antes, na rede. E talvez isso diminua um pouco a sua necessidade de continuar stalkeando o namô.

5. Não deixe que o menino e os interesses dele sejam prioridade na sua vida. Os seus assuntos pessoais sempre devem ficar em primeiro lugar.

6. Antes de chamar o garoto para pedir satisfações sobre algo suspeito que viu na rede, peça a opinião de uma ou duas amigas em quem confia. Afinal, o ciúme deixa a gente meio cega.

7. Não caia na tentação de responder ou conversar com outras pessoas como se fosse ele. É certeza que o garoto vai ficar beeem chateado se descobrir um troço desses!

8. Não deixe recadinhos mal educados quando estiver navegando, ao se irritar com alguma coisa que viu na página do seu namorado. Prefira falar pessoalmente com ele, depois que a raiva passar.

9. O mesmo vale para as garotas que estão irritando você. Dar indiretas – ou diretas – para elas na rede, sem mais nem menos, também vai pegar mal.

10. E, por fim, quando o ciúmes bater forte, lembre-se de que o menino está com você por opção. Porque escolheu você. Já parou pra pensar nisso?