Assine

Você nunca acha nada no seu guarda-roupa e não vê a hora de deixar tudo arrumadinho? Aproveite suas férias e organize seu armário com 10 dicas supersimples que vão mudar sua vida

10 dicas para arrumar seu guarda-roupa que vão mudar sua vida

Foto: Freeimages

As férias chegaram e você prometeu para si mesma - e para sua mãe - que vai arrumar todo o seu quarto, principalmente o guarda-roupa? Não podemos te ajudar nessa missão! Conversamos com a personal organizer, Lu Iannace da empresa Tudo Pode Ser Organizado, para ela listar 10 dicas superfáceis que vão mudar sua vida real, oficial. Olha só!

1-Seleção Comece avaliando e experimentando suas roupas. Vá separando aquelas que vão consertos, higienização, e as que você não vai usar mais.

2- Higienização Proceda uma limpeza com aspirador de pó e pano úmido. Deixe-o bem limpinho.

3- Planejamento Analise o espaço que você tem para guardar suas roupas. O ideal é ter tudo a vista, mas se não der priorize aquilo que usa mais deixando mais acessível. Utilize o maleiro para roupas de pouco uso como vestidos de festas e casacos de lã. Cleaning

4-Separação e Categorização Vá separando e categorizando suas roupas por itens. Ex: blusas manga longa, blusas manga curta , regatas, camisas , calças, casacos, ginástica ,biquínis, sapatos ,bolsas acessórios e bijuterias.

5- Cabides Use cabides iguais para pendurar suas roupas elas ficam mais uniformes. Não pendure mais de uma peça em cada cabide. De prioridade para pendurar as suas roupas mais delicadas e que amassam mais.

6-Roupas Dobradas As roupas dobradas e que vão para prateleiras como camisetas , roupas de lã, moletom, devem seguir um mesmo tamanho de dobra de largura e comprimento. Nesse caso pode usar um molde para dobrá-las. Isso ajuda a manter organizado e a estética fica boa também.

7- Gavetas Nas gavetas coloque suas peças íntimas, pijamas, ginástica, camisetas . Existem produtos organizadores do tipo colméias ou caixinhas que separam e que ajudam a manter organizado.

8- Cores Use sistema de cores tanto para as roupas de cabides como para as dobradas, comece do claro para o escuro. Fica mais fácil de encontrar as peças por cor. Você pode usar uma paleta de cores para te guiar nessa sequência.

9- Sapateira Com os sapatos, para ganhar espaço nas prateleiras coloque um par na frente do outro. Se tiver espaço faça uma prateleira com suas bolsas e carteiras, ou poderá também guardá-las em caixas organizadoras.

10- Acessórios Para deixar seus acessórios de uma maneira bem prática, você pode usar cestos ou caixas para seus lenços e cintos, caixinhas com divisórias e ganchos para as bijuterias . guarda-roupa

Toda vez que assiste à Pretty Little Liars você sonha em arrasar no colégio como as meninas? Acredite, é mais fácil do que imagina. Confira esta matéria e colecione fãs pelos corredores!!

Veja a Galeria

Vem conhecer os melhores aplicativos que podem ajudá-la a mandar muito bem na escola! Só não vale usar em dia de prova, hein!?

Texto Mark Alves (@oficialmark) é um geek de carteirinha. Está por dentro de tudo que acontece no mundo high tech

Arrase no boletim
Foto: Luciano Munhoz

Class Timetable

Este app é demais e vai facilitar a organização nas aulas. Você não imagina o quanto ele já me salvou quando eu esquecia a data das provas! Ele tem uma interface simples e você consegue salvar os horários de cada aula, datas de provas e trabalhos.

Cola Matemática

Confesso que já usei bastante este aplicativo pra pegar uma cola nos exercícios, mas ele também me deu um help na hora de treinar para provas. O app é muito útil, serve para fazer cálculos matemáticos como equações, raiz quadrada, MMC e até figuras geométricas.

Evernote

A facilidade para fazer anotações e salvar áudios com gravações das aulas é muito legal. Para fazer trabalhos em grupo então, nem se fala, você consegue compartilhar suas anotações, lembretes, áudios e até fotos com todos do seu grupo e acaba se organizando rapidinho.

Questões Enem

Pra quem está no último ano é ~obrigatório~ baixar este app! Mesmo agora no começo do ano é sempre bom se preparar muito para essa prova, que deixa todo mundo #tenso. O aplicativo tem mais de 500 questões das provas dos últimos anos de Enem!

Revista Atrevida | Edição 246

Ter um namô na escola pode ser ótimo, já que vocês se veem todo dia. A parte ruim é que mal dá para sentir saudades. E tem outros problemas, como a interferência da galera ou mesmo uma tendência a se isolar. Por isso ...

Texto Redação

Gif | Tumblr | Reprodução

  • Tente não ficar grudada o tempo todo no namô. Sabemos que isso é mais difícil do que aquela fórmula de física gigante, mas pense nisso como um benefício para o seu relacionamento. É legal sentir  saudade às vezes. Principalmente se vocês forem do tipo de casal que sai da escola, almoça junto, passa o dia inteiro bem grudadinhos...
  • Vocês formam um casal, mas ainda são pessoas diferentes, que têm seus próprios amigos. Não caiam na besteira de se isolar do resto do colégio, evitando os BFFs que tinham antes. Isso pode fazer um enjoar do outro com facilidade ou, pior, perder as amizades que conquistaram. O namoro pode não durar para sempre, sabia?
  • E quando a galera resolve se meter na relação de vocês? “As pessoas se envolvem na nossa vida desde que somos crianças. Tem sempre aquela tia que critica a forma como sua mãe cuida de você, não é mesmo? Crescemos e continuamos vivendo em sociedade, e com muitos ‘pitacos’ das pessoas que convivem com a gente. Nem sempre podemos evitar os conselhos, mas se soubermos ao certo o que somos e do que gostamos, essas intromissões passam a ter menos valor e a incomodar menos”, diz a Dra. Letícia.

Gif | Tumblr | Reprodução

O namoro não pode atrapalhar

  • Tem hora de namorar, mas quando você está na sala de aula precisa se dedicar, prestando atenção e fazendo valer a pena cada minuto das aulas. Quanto mais prestar atenção nas aulas, mais tempo terá para namorar.
  • Aproveite o tempo que passam juntos fora das aulas para estudarem também. Por que não? Um pode ajudar o outro com a matéria que tiver mais facilidade. E é uma maneira de ficarem juntinhos, né?
  • Fique atenta para o que dizem as regras da escola sobre namoro (pode ou não ficar de beijinho?). Alguns colégios são flexíveis, mas outros não são nem um pouco. Obedeça as regras para não dar ruim.

Revista Atrevida | Edição 257

Na escola sempre tem aquela girl que adora fazer fofoca de você, né? Por isso, listamos cinco dicas para ficar longe das fofoqueiras de plantão

Texto Redação | Foto: Shutterstock

Fofoqueiras de plantão

Foto: Shutterstock

1. Se uma amiga veio contar o baphão do ano e ele envolve outra pessoa, tente quebrar a corrente e guardá-lo para você. É difícil, mas é sempre bom quebrar o ciclo para que a fofoca não se espalhe e prejudique a pessoa.

2. Se rolar um estresse com alguém, chame a pessoa para conversar e abra o jogo numa boa. Ficar comentando sobre o fato aqui e ali só vai causar mais burburinho e aumentar o mal-estar.

3. Caso não aguente guardar a fofoca e precise contar para a BFF, pense bem. Veja se o bapho é realmente verdadeiro e se ele não vai prejudicar a pessoa envolvida. Imagina que chato sair falando algo de alguém que não é verdade?

4. Se descobrir que tem uma girl espalhando boatos a seu respeito, mantenha a calma. Nada de partir para a briga! Nesses casos, o melhor a fazer é ignorar. Quanto mais você ligar, mais ela
inventará coisas a seu respeito

5. Agora, se a fofoca que está rolando sobre o seu nome prejudicá-la de alguma forma, procure os envolvidos para uma conversa. Mas nada de perder a pose, ok? Seja educada e superior. A melhor saída é sempre a educação!

Revista Atrevida | Edição 234

Quem alimenta-se bem diminui o estresse, melhora a memorização dos conteúdos e aumenta a concentração

Gif | Tumblr | Reprodução

A quantidade de conteúdos abordados no ENEM e vestibulares é imensa e, muitas vezes, nossos nervos ficam à flor da pele em época de prova, não é mesmo? Saiba que a alimentação saudável e correta ajuda na concentração e absorção do conteúdo antes, durante e depois dessa fase louca. A pedido da Atrê, a nutricionista Paula Silva, especialista em Terapia Alimentar, separou algumas dicas. Se liga!

O que comer:

Na véspera da prova
- Desde o dia anterior à prova, o aluno não deve experimentar alimentos com os quais não está habituado, para evitar possíveis reações desagradáveis;
- Não beba bebidas alcoólicas nem energéticos pelo menos 72 horas antes da prova;
- Não exagere no café (30 a 50mL por dia no máximo);
- Faça uma alimentação leve, composta por carboidratos, proteínas, verduras e frutas: arroz, feijão, bife ou filé de frango grelhado, salada e legumes refogados. Você pode substituir o arroz e feijão por uma massa com molho de tomates.
- Escolha sucos de frutas naturais e sobremesas a base de frutas. 
- No café da manhã e lanches intermediários, escolha pão integral, queijo branco, iogurte com mel, salada de frutas.
- Evite os embutidos e queijos gordurosos.

No dia da prova
- Para maior conforto e segurança, evite consumir alimentos que fermentam, como repolho, couve-flor, e feijão em excesso.
- Também evite consumir alimentos muito gordurosos – feijoada, molhos brancos à base de creme de leite, carnes gordurosas, frituras à milanesa, salgadinhos fritos, pois ele demoram mais tempo para serem digeridos e podem dar sono, além de causar mal-estar.
- Se a prova for de manhã, realize o café da manhã, pelo menos 1 hora antes.
- Se a prova for à tarde, realize um almoço leve como citado anteriormente, com pelo menos 2 horas de antecedência.

Gif | Tumblr | Reprodução

Durante a prova
As provas têm duração aproximada de 4 horas e seu cérebro precisará de energia nesse período. Escolha uma opção de kit prova:

- 1 maçã ou banana + mix de castanhas e frutas secas
- 1 tablete de 30g de chocolate com teor de cacau maior 60% + chá verde
- 1 barrinha de cereal com castanhas + água de coco
- Biscoito integral salgado (embalagem individual) + suco de fruta sem açúcar e sem conservante

Não esqueça de levar uma garrafinha com água mineral, para manter uma hidratação adequada – as consequências da desidratação são alteração de memória, letargia e falta de atenção.

Se liga: a hidratação deve ser feita com cuidado: nunca tome mais que 200ml de uma só vez, para evitar ficar com muita vontade de ir ao banheiro, tá?

Gif | Tumblr | Reprodução

Quem deu a consultoria: Stoodi, plataforma de vídeoaulas focada em conteúdos para o ENEM, e Paula Silva, nutricionista especializada em Terapia Alimentar.

Você estudou, estudou, mas mesmo assim não teve o desempenho que esperava? A boa notícia é que dá tempo de virar esse jogo, basta mudar alguns hábitos! Selecionamos algumas atitudes que você não deve ter ao estudar

Texto Aline Marchiori | Fotos: Shutterstock

Estudar exige dedicação

Foto: Shutterstock

Você acende vela para os santos dos estudantes, chora, procura solução no horóscopo, pede ajuda para a BFF, enfim, faz de tudo, afinal, você precisa passar de ano. Antes de fazer esse ritual todo, keep calm, precisamos contar uma coisinha: você está fazendo tudo errado. E essa cena não precisa se repetir todos os anos! Para ajudá-la a conquistar o passaporte para as férias do meio e fim de ano – mais conhecido como boletim azul –, revelamos agora o que você NÃO deve fazer enquanto estiver estudando. Papel e caneta na mão!

1. Copie e cole #sqn

Sabe aquele resumo que você faz para fixar a matéria e que a ajuda a estudar? Então, não adianta nada se você apenas fizer cópias de livros e textos. O correto é selecionar as informações importantes e escrever usando as suas próprias palavras. Desta forma, você estará passando para o papel o que entendeu – que é o que provavelmente ficará na sua memória.

2. Estude apenas o que gosta #sqn

Ninguém curte todas as matérias, mas nem por isso deve deixar as que não gosta de lado. Tente intercalar uma chata com uma que gosta, desta forma vai ser mais fácil estudar!

3. Use aparelhos eletrônicos #sqn

Sim, tablets, celulares e notebooks podem ser grandes aliados na hora do estudo, mas também  grandes vilões. Uma garota a cada dez consegue ter concentração e resiste a dar aquela olhadinha nas redes sociais/internet. Se você não for ela, é melhor deixá-los bem longe enquanto estiver estudando!

4. Tome energético, café ... #sqn

Quando estamos muito cansadas nada é tão eficiente quanto... Descansar – é claro! Café, energéticos, entre outros, só vão mascarar o sono. Acredite, quando ele voltar vai sermais forte ainda. Pare alguns  minutos, tire um cochilo e volte com pique total!

5. Durma tarde todos os dias #sqn

Não importa se ficou estudando, na internet ou no WhatsApp com a BFF... Você precisa dormir oito horas por dia! Só assim conseguirá prestar atenção nas aulas e estudar o suficiente para fixar a matéria e passar de ano. Bora organizar essa rotina já!

Boletim azul

Foto: Shutetrstock

6. Faça tudo sozinho #sqn

Miga, deixa eu contar uma coisa: os professores estão lá para ajudar! Se tiver dúvidas em sala de aula, pergunte. Agora, se a situação for tensa, converse com eles para ver se existe alguma forma de  melhorar o seu desempenho. Temos certeza que eles vão adorar o seu interesse. #ficadica

7. Estude ouvindo musica #sqn

Não adianta dar a resposta de que ficará relaxada e prestará mais atenção, porque você não vai. Foque em uma coisa por vez, então, se for hora de estudar, escolha um lugar tranquilo, silencioso e sem distrações. Deixe o fone – a Demi, a One Direction, o Justin Bieber, etc. – para os momentos de descanso, aí a música vai muito bem!

8. Entre em pânico #sqn

Agora não é hora de pirar, mas, sim, de se esforçar para mudar a cor do boletim. O estresse vai diminuir o seu rendimento nos estudos e a essa altura do campeonato você não quer isso, não é mesmo? Quando não estiver estudando, tente relaxar, meditar, enfim, faça coisas que a desestressem.

Revista Atrevida | Edição 252

Ainda não escolheu o curso para prestar o vestibular? Saiba um pouco sobre a profissão de jornalista e descubra se essa carreira tem a ver com você

Jornalista

Saiba tudo sobre a profissão de jornalista

Gif | Tumblr | Reprodução

Curso: a duração é de quatro anos. Em algumas faculdades, o Jornalismo é oferecido como habilitação do curso de Comunicação Social. Língua Portuguesa, Teoria da Comunicação, Filosofia e Sociologia são algumas das matérias teóricas que compõem o currículo do curso. Há também aulas práticas de Jornalismo Impresso, Webjornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo e Fotojornalismo. Ao final dos quatro anos é obrigatória a apresentação de um trabalho para receber diploma.

Precisa gostar de: "é preciso ser curioso, saber o que está acontecendo ao redor, de maneira geral, e ler e escrever muito. Para mim, jornalista é quem gosta de contar histórias e é curioso em relação ao que acontece na vida", opina Priscila Gomes, jornalista formada em 2001 e que trabalha como repórter em uma TV na internet.

Gif | Tumblr | Reprodução

Dia a dia: rotina não é uma palavra do vocabulário de um jornalista: "tenho de editar e atualizar as páginas de cada canal da home (da editoria de TV do site), escolher os vídeos que valem destaque, correr atrás de contatos que valem uma pauta e produzir o que for necessário para uma matéria ou chat", completa Priscila.

O mercado de trabalho: as redações de revistas e jornais estão cada vez menores e muitos profissionais trabalham como freelancer. As redações de mídias digitais são as que mais oferecem vagas. Uma área promissora é a comunicação corporativa ou empresarial, em que o jornalista é responsável pelos meios de comunicação da empresa em que trabalha.

Quanto ganha: R$ 800 é a média de salário de um estagiário que trabalha 6 horas por dia.

Onde trabalhar: redações de revista, jornal e sites, agências de notícias, emissoras de TV e rádio, assessorias de imprensa e em grandes empresas de comunicação corporativa.

Gif | Tumblr | Reprodução

 

Quem se alimenta bem diminui o estresse, melhora a memorização dos conteúdos e aumenta a concentração. Confira as dicas práticas da Atrê e relaxe

Adaptação web: Marília Alencar | Foto: Shutterstock

Alimentação x Estudos

Foto: Shutterstock

Olha você aí na escola de novo! Nem sempre o ano letivo é tão tranquilo e alegre assim. Para algumas pessoas pode ser um verdadeiro desafio, principalmente na época de provas!  O recomeço pode ser um verdadeiro drama e estresse, em alguns casos. Pois é! A quantidade de conteúdos abordados no colégio é imensa e precisamos nos dedicar por muitas horas para seu estudo ser completo. Mas, a cobrança interna e externa a respeito desse estudo pode deixar a gente ainda mais estressado.

A pedido da Atrê, a nutricionista Paula Silva, especialista em Terapia Alimentar, separou algumas dicas de alimentação para os alunos e sugere que as dietas sejam evitadas.

1. Para uma pessoa que está na fase pré-vestibular, é necessário que haja um consumo adequado de carboidratos para um melhor fornecimento de energia ao cérebro e bom desempenho na hora da prova.

2. O consumo dos carboidratos complexos – como pães, massas e cereais integrais –, somados a uma quantidade extra de proteínas para impedir o desgaste muscular, podem ajudar no combate ao estresse.

3. O ideal é fazer refeições regulares e saudáveis, desde o café da manhã até a ceia. O período mais indicado para intercalar cada refeição é de 3 em 3 horas.

4. Alimentos com alto teor de gordura são mais difíceis de fazer a digestão, por isso devem ser evitados. Além deles, também devem ser evitados o álcool, bebidas com cafeína, chás verdes e cigarros, pela presença de substâncias estimulantes.

Quem deu a consultoria: Stoodi, plataforma de vídeoaulas focada em conteúdos para o ENEM, e Paula Silva, nutricionista especializada em Terapia Alimentar.

Hora da tarefa! Organize o seu dia e melhore o desempenho no colégio. Confira as dicas com a Atrê e arrase!!

Arrase na escola

Foto: Shutterstock

AGENDA É VIDA!

Pode ser old school, retrô, enfim, como você preferir chamar, mas, entra e sai ano, a agenda continua sendo aliada dos estudantes. A melhor forma de organizar a sua vida escolar é anotar todas as datas de entrega de lições, trabalhos e provas, assim, você consegue se programar para estudar e para se divertir.

PLANO B

As distraídas de plantão podem ter um calendário bem grandão pendurado na parede do quarto. Ele deve estar em um lugar bem visível, assim vai ser impossível perder qualquer trabalho ou prova. A dica é usar canetinhas de cores diferentes para marcar as coisas mais importantes. Este método é infalível!

DE OLHO NO RELÓGIO
Uma boa tática para evitar o cansaço e manter o foco é dividir o tempo de estudo em blocos de 40 minutos a uma hora, todos com intervalo de cinco a dez minutos para não perder o ritmo.

DREAM TEAM
Pense muito bem na hora de escolher os parceiros para trabalhos escolares. Não adianta passar dias ralando e a galera ficar só na boa, né? Se escolher um grupo que leve os trabalhos a sério, todos vão focar em fazer com antecedência e terminarão rapidinho.

Revista Atrevida | Edição 234

Faça trocas saudáveis na cantina do colégio para manter o corpitcho em dia. Se liga!

Veja a Galeria

Está achando muito cedo para pensar lá no último semestre? Então, sabia que é bom se preparar desde já para se dar muito bem no fim do ano. Se liga em algumas metas que a Atrê

Texto por Veridiana Mercatelli | Foto: Shutterstock

Foco: volta às aulas

Foto: Shutterstock

Bem que você adoraria ter mais um mês (ou dois, quem sabe?) de férias. Mas o tempo passa mais rápido do que a gente gostaria e aquela hora sempre chega: separar o uniforme, os cadernos, os livros e dar de cara com seu ano letivo. Mas em vez de começar em climão de preguiça, contando os segundos para as próximas férias, que tal entrar com o pé direito e com toda energia, decidida a chegar ao fim do ano sem pensar em recuperação? Para isso, além da determinação, vai ser preciso se organizar. E estamos aqui pra dar uma mãozinha.

Um pouco a cada dia

Aula dada é aula estudada – e desde já. A ideia aqui é não deixar a matéria acumular. Nossa memória tem curto prazo depois de uma aula. Então, se você demorar muito pra rever o que foi ensinado, corre o risco de ficar com aquela cara de “como é que é aquilo lá mesmo?” na hora da prova. Então, o roteiro é simples:

1. Prestar atenção na aula e não ter medo de perguntar caso fique com dúvida.

2. No mesmo dia, em casa, revise o conteúdo que foi dado em classe para fixar melhor na cabeça. Passe as aulas a limpo no caderno, leia novamente os materiais. É como se a matéria entrasse melhor no HD do seu cérebro, sabe?

3. Não deixe de fazer sua lição de casa. Ao contrário do que você possa pensar, ela não é um método chato que o professor usa para controlar a sua vida. Ela serve para ajudá-la a entender melhora matéria. Mas olha só: a tarefa não substitui o estudo diário. Ela é uma atividade que complementa o processo de aprendizado, entendeu? 

4. Se fizer isso diariamente, você não precisa estudar feito doida antes da prova, nem perder uma noite de sono coma cara nos livros. Aliás, o dia anterior à prova é um momento de relembrar o que já foi visto. Tentar “aprender” tudo hoje pra fazer o teste amanhã nã oé nada produtivo.

5. Estudar em grupo de vez em quando pode ser uma ótima ideia, pois vocês trocam informações e um pode ajudar o outro. Agora, é importante evitar as fofocas durante o estudo, senão, já viu... Estabeleçam que a fofoca fica pra depois, ok?

Programe-se para estudar

Foto: Shutterstock 

Organize -se!

• Sua agenda – atualizada – deve ser sua melhor amiga

Afinal, são muitas as matérias e atividades que você tem no dia a dia. Não precisa confiar somente em sua memória se tiver onde anotar o que precisa estudar ou o que já foi visto. Faça listas, use cores de caneta diferentes, post-it, marca-texto. Se preferir usar a tecnologia, há inúmeros apps de agenda para celular, tablet e computador. Além disso, algumas escolas têm o portal do aluno e também é importante consultá-lo, pois muitas vezes o professor pode dar orientações importantes por lá.

O local de estudo também faz parte da sua organização diária

É importante que você esteja sentada (resista à tentação de estudar deitada, ou você corre o risco de acabar cochilando) e com boa iluminação. Se possível, fique num lugar com pouco movimento. Se sua casa é sempre cheia, considere ficar sozinha no quarto ou, então, frequentar uma biblioteca.

Estabeleça um horário para estudar

Ok, sabemos que o dia a dia é corrido. Tem gente que faz curso de inglês, natação, teatro ou qualquer outra atividade extra. Mas é legal determinar um horário diariamente, para que isso faça parte da rotina. Não estamos dizendo pra você passar a tarde toda estudando. Mas é bom reservar, pelo menos, duas horinhas do seu dia. Não é puxado, vai.

Revista Atrevida | Edição 146