Está pronta para voltar para a rotina escolar? Não?! Então, vem conferir dicas que vão te ajudar muito a começar o ano letivo arrasando

Texto Por Veridiana Mercatelli | Foto: Shutterstock

Dicas de A a Z para voltar às aulas com tudo! 

Foto: Bo Campos

As férias estão chegando ao fim e é hora de retomar a sua rotina de estudante. Se ainda não entrou na vibe de volta às aulas, dá só uma lida nesse especial de A à Z que preparamos pra você chegar com tudo na escola

Agenda: seja no celular, seja em papel mesmo, ela deve ser sua best durante o seu ano letivo. Afinal de contas, de que outra maneira você vai se lembrar de todos os trabalhos, tarefas, provas e atividades? Faça uma decoração fofa e não desgrude dela!

BFF’s: uma das coisas mais gostosas de voltar às aulas é encontrar as melhores amigas todos os dias novamente. Aproveitem os intervalos das aulas para colocar a fofoca em dia e contar tu-di-nho o que aconteceu nas férias!

Concentração: um dos mandamentos da aluna nota 10 é a atenção máxima quando está estudando. Nessa hora, deixe o celular desligado e fique longe das redes sociais, que acabam distraindo a gente. Posts, mensagens e fuçadas no perfil do Facebook alheio depois, ok?

Diversão: se você anda com preguiça de ir para a escola, lembre-se de que também há momentos de diversão por lá, entre amigos, professores… Mude a imagem de que ir para o colégio é um sacrifício e veja como uma parte divertida do seu dia. Tudo fica mais leve.

Esportes: vamos movimentar este corpitcho, amiga! Nada de preguiça nas aulas de Educação Física. Elas vão ajudar você a melhorar a autoestima, o humor e o poder de concentração nos estudos. Espante o desânimo e divirta-se!

Faltas: se você é do tipo que deixa de ir à escola por qualquer coisinha (até quando seu cabelo não está nos melhores dias), é bom ficar de olho. Você até pode ter “direito” a um número de faltas, mas lembre-se de que ao ficar em casa, acaba perdendo a matéria. Aí, já viu…

Grupo: fazer trabalho ou mesmo estudar em conjunto é sempre legal, pois você troca informações e tem diferentes pontos de vista do mesmo assunto. Mas é preciso ser forte pra resistir às brincadeiras e à fofoca durante os estudos. ;)

Horas vagas: que tal continuar aprendendo fora da escola? Já que o ano está só começando, aproveite para iniciar um curso, como inglês, artes, teatro… Além de ampliar seus conhecimentos, pode ser uma ótima ideia para conhecer mais gente e fazer mais amigos.

Intervalo: entre uma conversa animada com as BFFs e uma paqueradinha com o lindo da sala ao lado, não se esqueça de se alimentar. Isso vai dar energia para você se concentrar melhor nas aulas. Se possível, troque a coxinha (ou qualquer outra fritura) por algo mais saudável, como uma fruta, um lanche natural, uma barra de cereais…

Julho: calma aí! Se você já está contando os segundos para as próximas férias, lembre-se de que há muita coisa para acontecer até lá. Então, saiba que quanto mais você se mantiver ocupada, mais o tempo passa rápido para as férias do meio do ano.

Livros: mesmo se sua escola não reutilizar livros didáticos, é importante conservá-los bem. Encape seus livros, não retire páginas nem dobre-as, evite escrever neles ou rabiscá-los, não se sente neles nem os deixe o tempo todo na mochila (para evitar as famosas “orelhas”). Quando não precisar mais dos livros, poderá doá-los a outro aluno.

Meninos: eles às vezes parecem falar uma língua diferente da sua, né? Mas não deixam de ser interessantes. Uma das coisas mais legais do começo do ano são os novos gatinhos que entram na sua escola. <3

Não!: você até pode ter boa vontade pra ajudar seus colegas nos estudos, trabalhos… Mas às vezes é preciso dizer “não” quando rola um certo abuso da sua boa vontade. Por exemplo: cuidado para não fazer sozinha os trabalhos em grupo. Você até pode aprender mais que os outros, mas vai ficar sobrecarregada. Cada um deve fazer sua parte.

Organização: já pensou em ter um cantinho só seu para estudar e fazer lição? Isso é importante para manter o foco total. De referência, que seja longe da TV, tenha uma escrivaninha e cadeira, com boa iluminação e que esteja longe da movimentação da casa.

Professores: eles podem ser grandes parceiros se você der uma chance. Quem não tem um(a) “prô” favorito(a)? E, para ganhar o coração até do professor mais bravo da escola, a dica é mostrar interesse (de verdade) pelo que ele ensina.

Que tenso!: não tenha medo de pedir ajuda caso você esteja sentindo dificuldade em entender as matérias. Fale com os professores, coordenador pedagógico ou com seus pais. O importante é garantir que você aprenda e mande bem nas provas.

Recuperação: ai, que pesadelo! Ninguém quer chegar ao fim do ano precisando de notas altas para passar, né?! Então, o truque é simples: comece a se empenhar desde já! Se mandar muito bem no primeiro semestre, não vai ser preciso se descabelar no segundo.

Sono: está difícil se manter acordada durante as aulas? Tente estas dicas: vá dormir mais cedo (você pode não estar dormindo o suficiente); lave o rosto quando começar a bocejar na classe; participe mais das aulas, fazendo perguntas; anote o que o professor explica.

Turma nova: Está numa classe diferente ou mudou de escola? O primeiro dia pode ser meio estranho, já que provavelmente você não conhece ninguém. Para não se sentir mal, uma ideia é aproximar-se de outras pessoas que também sejam novas na área. Assim, ninguém se sente tão deslocado e você tem a chance de fazer amigos rapidinho.

Utilidade: alguns apps podem ajudar você na escola: “Dicionário da Língua Portuguesa” (da Porto Editora), “Michaelis Nova Ortografia”, “Tarefa de Casa” (para organizar seus horários e obrigações), “Curso Completo Inglês Wlíngua” (dá uma reforçada no aprendizado de inglês) e “Wikipedia Móvel” (para as suas pesquisas).

Visual: não é porque você tem de usar uniforme todos os dias que não pode dar uma incrementada no look. Só de usar um cabelo um pouco mais estiloso, com um rabo de cavalo alto ou um coque, por exemplo, já faz toda a diferença. Ah, e não se esqueça dos acessórios.

Xiii…: bullying é algo que, infelizmente, ainda é acontece muito nas escolas. Então, antes de entrar na onda da sua turma e zoar com a cara de alguém, se coloque no lugar da pessoa: será que você se sentiria bem? Não caia nessa, gata!

Zen: prova complicada à vista? Nada de se desesperar. Há soluções para isso: estudar um pouco a cada dia (e não tudo no dia anterior), começar fazendo a prova pelas questões mais fáceis e respirar lenta e profundamente, para se acalmar.