Saiba tudo sobre o curso de arquitetura: salários, mercado de trabalho, disciplinas cursadas e a diferença com o curso de engenharia

Conheça a profissão de arquiteta

Conheça a profissão de arquiteta
Foto: Reprodução

Luiza Amaro Azuma, 22 anos, está no último ano do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, e desde o segundo ano já trabalha na área. Ela respondeu às nossas perguntas sobre sua carreira. Se liga!

Curso: a duração é de cinco anos. No currículo, estão matérias como Planejamento Urbano, Projeto Arquitetônico, Paisagismo, Artes, Antropologia e História. "Leitura é algo muito importante nesse curso, e cálculos também. Ou seja, tem sim que estudar, e bastante", conta Luiza. "Eu diria que é um curso mais trabalhoso do que difícil, porque temos muitos trabalhos manuais como dfesenhos, projetos e maquetes", completa. Estágio e trabalho de conclusão de curso são obrigatórios.

Precisa gostar de: "Observar e analisar os espaços à sua volta. Também é preciso ser criativa e gostar de artes, como desenho, pintura, fotografia e exposições. Essas coisas abrem a cabeça e alimentam a criatividade", opina Luiza.

Dia a dia: "Eu trabalho em período integral, que para estágio, são seis horas por dia. Passo a maior parte do tempo criando projetos no computador e pesquisando materiais. Também são comuns reuniões com clientes, fornecedores e engenheiros, além das visitas a obras e medições dos locais onde será feito o projeto", explica Luiza que, desde 2010 é estagiária de um escritório de arquitetura em São Paulo.

Mercado de trabalho: o mercado imobiliário nacional continua aquecido. Por isso, há oportunidades de trabalho em escritórios de arquitetura que atuam na construção de edifícios. Obras maiores, como rodovias e pontes, geram oportunidades para os especialistas em urbanismo e paisagismo. Também é possível seguir como autônomo - neste caso, o melhor ramo é o de criação de projetos residenciais. "Depois que consegui meu primeiro estágio, foi tranquilo achar novas oportunidades. Porém, é mais fácil encontrar emprego antes de se formar do que depois", aconselha a estudante.

Quanto ganha: estagiários de arquitetura ganham por hora de trabalho. Este valor pode variar entre
R$ 5 e R$ 9.

Onde trabalhar: em empresas de projetos, supervisão e execução de obras de arquitetura e edificações; empresas de reformas e restaurações; no controle e planejamento do espaço como urbanista, paisagista e designer de interiores. Outro nicho de trabalho é o da comunicação visual, em que o arquiteto fica responsável por criar a identidade visual de empresas e produtos, como logotipos e materiais impresso e digital.

Diferença em relação à engenharia: uma confusão comum é achar que arquitetos e engenheiros realizam o mesmo trabalho, quando na verdade estes dois profissionais exercem funções diferentes dentro de uma obra. Apesar de ambos atuarem em construção, cabe aos engenheiros civis projetar e executar obras, enquanto o arquiteto planeja e organiza os espaços internos e externos, pensando na estática e funcionalidade do projeto.