Vai fazer o Enem esse ano? Então vem ver uma lista de livros que todo vestibulando precisa ler

Fotos: Divulgação

10 livros indispensáveis para se preparar para o Enem

Foto: Shutterstock

Se inscreveu para o Enem e precisa se preparar para arrasar no exame? Nós vamos te ajudar nessa missão! Um dos primeiros passos para começar os estudos é a leitura dos livros clássicos que provavelmente vão cair na prova. Pensando nisso, a Saraiva selecionou 10 livros indispensáveis para você aproveitar as férias e começar a ler, já! 

Iracema - col. Clássicos para todos - José de Alencar [Nova Fronteira]
Preço: R$ 14,90
Descrição: No litoral do Ceará, o português Martim é ferido por “Iracema”, uma índia tabajara. Ao perceber que atingiu um inocente, ela o leva para a cabana de seu pai, o pajé da tribo. O casal se apaixona, mas “Iracema” deveria se manter virgem por ser consagrada a Tupã. Do amor impossível entre os dois jovens nasce Moacir, fruto da relação tantas vezes trágica entre o indígena e o português. 

Memórias póstumas de Brás Cubas - col. Clássicos para todos - Machado de Assis [Nova Fronteira]
Preço: R$ 19,90
Descrição: Estas memórias, dedicadas “ao verme que primeiro roeu as frias carnes” do próprio narrador, Brás Cubas, compõem um dos mais representativos romances machadianos. Publicado em 1881, o livro “Memórias póstumas de Brás Cubas” rompe com tradições literárias e traz inovações marcantes em matéria de enredo e construção da narrativa. A forma nada linear como essa autobiografia é contada pelo seu defunto autor, em episódios vividos intercalados com delírios, reflexões e teorias, mistura-se à própria atitude irreverente de um narrador que não mede palavras, expõe as atitudes mesquinhas que teve em vida, sua condição de parasita social e ainda dá uns bons piparotes no leitor. 

O cortiço - col. Clássicos para todos - Aluísio Azevedo [Nova Fronteira]
Preço: R$ 19,90
Descrição: “O cortiço”, publicado em 1890, é considerado uma obra-prima do Naturalismo brasileiro. Apesar da influência notável de Émile Zola, o vigor e a originalidade da narrativa que abordou os problemas sociais de fins do século XIX, possuindo como “cenário” principal um cortiço, são perceptíveis. Pintor de variada galeria de tipos e da representação do cotidiano, Aluísio Azevedo ficou conhecido por seu traço forte e principalmente por personificar a fase naturalista brasileira. 

A Cidade e as Serras - col. Clássicos para todos - Eça de Queirós [Nova Fronteira]

Preço: R$ 19,90
Descrição: Romance publicado postumamente, em 1901, “A cidade e as serras” faz uma crítica mordaz ao estilo de vida que se desenvolve na Europa em meio ao progresso material do fim do século XIX. Filho de uma abastada família portuguesa, Jacinto, o protagonista, nutre grande entusiasmo pelo brilho das cidades europeias. Mas sua estada em Paris transcorre em meio ao tédio e o vazio. Ele parte então de volta às suas origens e reencontra a paz e o contentamento na vida simples do campo. 

Vidas secas - Graciliano Ramos [Record]
Preço: R$ 42,90
Descrição: Em ´Vidas Secas´, o autor se mostra mais humano, sentimental e compreensivo, acompanhando o pobre vaqueiro Fabiano e sua família com simpatia e uma compaixão indisfarçáveis. Além de ser o mais humano e comovente dos livros de ficção de Graciliano Ramos, ´Vida Secas´ é o que contém maior sentimento da terra nordestina, daquela parte que é áspera, dura e cruel, sem deixar de ser amada pelos que a ela estão ligados teluricamente. O que impulsiona os seres desta novela, o que lhes marca a fisionomia e os caracteres, é o fenômeno da seca. ´Vida Secas´ representa ainda uma evolução na obra de Graciliano Ramos quanto ao estilo e à qualidade estritamente literária. Esta nova edição teve como base a 2ª edição do romance, com as últimas correções feitas por Graciliano Ramos. Os originais estão no Fundo Graciliano Ramos, Arquivo do Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo. Este projeto de reedição da obra de Graciliano Ramos é supervisionado por Wander Melo Miranda, professor titular de Teoria da Literatura da Universidade Federal de Minas Gerais. 

Minha vida de menina - Helena Morley [Companhia De Bolso]
Preço: R$ 29,90
Descrição: Aclamado por escritores como Carlos Drummond de Andrade e João Guimarães Rosa, Minha vida de menina é o diário de uma garota de província do final do século XIX. Publicado pela primeira vez em 1942, antecipa a voga das histórias do cotidiano e dos relatos confessionais de adolescentes ao traçar um retrato vivo e bem-humorado da vida em Diamantina entre 1893 e 1895. A pequena Helena Morley (pseudônimo de Alice Dayrell Caldeira Brant) compõe um painel multicolorido, desabusado e quase sempre inconformista do Brasil. De lambuja, o leitor é apresentado às inquietações típicas de uma adolescente espevitada e esperta às vésperas de um novo século. 

Claro enigma - Carlos Drummond de Andrade [Companhia Das Letras]
Preço: R$ 37,90
Descrição: Os poemas reunidos neste volume ocupam uma posição singular na obra de Drummond. Aqui o autor parece querer buscar, por meio da retomada de formas clássicas, um equilíbrio entre o passado e o presente. O amor, a morte e a memória são alguns dos temas elaborados por um homem que sempre quis fazer parte do seu próprio tempo.Publicado em 1951, Claro enigma representa um momento especial na obra de Drummond. 

Sagarana - col. Clássicos para todos - João Guimarães Rosa [Nova Fronteira]
Preço: R$ 24,90
Descrição: Apresentando a paisagem e o homem de sua terra numa linguagem já então exclusiva, através de contos como “O burrinho pedrês”, “Duelo”, “A hora e vez de Augusto Matraga”, Guimarães Rosa fez deste livro a semente de uma obra cujo sentido e alcance ainda estão por ser inteiramente decifrados. 

Mayombe – Pepetela [LeYa]
Preço: R$ 44,90
Descrição: Publicado originalmente em 1980, Mayombe foi escrito durante a participação de Pepetela na guerra de libertação de Angola, e retrata o cotidiano dos guerrilheiros do MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) em luta contra as tropas portuguesas. O romance inova ao abordar não somente as ações, mas os sentimentos e reflexões daquele grupo, as contradições e conflitos que permeavam sua organização e as relações estabelecidas entre pessoas que buscavam construir uma nova Angola livre da colonização.