Assine

A plataforma de streaming Spotify montou uma playlist especial para estes momentos. Se liga!

Você é estudante e esta aí na maior ansiedade para o final de semana do ENEM? Mas, agora, a melhor maneira de ficar tranquila é pensar que você já estudou o suficiente e vai dar tudo certo. 

Pensando em como você pode ter uma pré prova mais tranquila, o Spotify montou uma playlist com músicas para você relaxar. Quer descobrir as músicas? Então, clique aqui!


(Foto: Divulgação)

O ENEM acontece neste fim de semana, dias 24 e 25 de outubro e mais de 7 milhões de pessoas farão a prova. E você, já está preparada?

A prova está chegando e você se sente totalmente preparada para encará-la?

As provas do ENEM acontecem dia 25 e 26 de outubro e você precisa estar tranquila em relação aos conteúdos estudados. Por isso, selecionamos algumas dicas que podem te ajudar nessa reta final.

Dica 1: Não se esqueça! O ENEM também exige conhecimentos básicos em inglês, por isso, use e abuse de músicas, jogos, conversas com pessoas de outros países pela internet e de aplicativos que estimulem o uso do idioma. 

Dica 2: Procure um local arejado e agradável para se aprofundar no  inglês. Uma cadeira adequada também faz a diferença na hora de aproveitar o tempo dedicado à tarefa. 

Dica 3:
Seja organizado com seus estudos. Estabeleça um cronograma de atividades diárias e o deixe visível. 

Dica 4: Faça pequenas pausas durante o estudo. Converse com um amigo, coma algo e exercite o corpo. Intervalos são necessários para o bom aprendizado.

Dica 5: A interatividade é um fator primordial para se aprender um novo idioma. Se possível, se reúna com os amigos para debater e estudar os conteúdos exigidos na prova do ENEM.


(Foto: Reprodução)

Dica 6: Desenvolva o domínio de gêneros textuais diferentes. As provas podem exigir de textos científicos a letras de músicas, passando até por campanhas publicitárias. 

Dica 7: Pratique a leitura e a interpretação de textos. Nas questões do ENEM, é comum encontrar enunciados longos e respostas curtas. Para organizar o raciocínio, é importante uma leitura atenta das alternativas e depois da pergunta Praticar em casa, com questões de exames anteriores, também é uma ótima oportunidade para se preparar.

Dica 8: Tente compreender a estrutura do conteúdo apresentado. Se não souber a tradução de uma palavra, continue lendo o texto. Em muitas vezes, entender o contexto da narração faz com que a resposta seja identificada com mais facilidade. 

Dica 9: Uma semana antes da prova revise os materiais do cursinho e/ou da escola.

Dica 10:Este é o passo mais importante: mantenha a calma. Se o aluno se preparou, não há o que temer e a tranquilidade pode fazer toda a diferença na hora da prova.

Quem deu as dicas: Leiza Oliveira, fundadora e CEO da Minds English School. 

Confira os prós e contras do ensino a distância e descubra se você pode ser dar bem estudando em casa!

No curso presencial...
#1. Você precisa dispor de uma rotina para que consiga manter a frequência em todas as matérias, pois cada uma delas tem carga horária diferente.
#2. Os horários são fixos e a maioria das atividades é desenvolvida em sala de aula, sendo somadas para umamédia final.
#3. São exigidos mais trabalhos em grupo para compor suas notas e, muitas vezes, você irá trabalhar com pessoas diferentes.
#4. É possível participar de atividades extracurriculares como centros acadêmicos e esportivos. Existe a chance de o curso presencial ter um customaior nas mensalidades.


(Foto: Reprodução)

No curso a distância (EaD)...
#1. Todas as aulas são realizadas de forma on-line ouvia satélite.
#2. A frequência é contada de acordo com as atividades etrabalhos entregues.
#3. O valor da mensalidade pode ser um pouco abaixo damédia de uma faculdade presencial.
#4. Você é quem cria os horários das aulas, sendo recomendada para alunos que não conseguem seguir uma rotinade estudos. Apenas as provas são presenciais, realizadas em umasede da faculdade na cidade em que você reside.
#5. Os cursos on-line podem ter menor duração, pois asaulas práticas são feitas ao mesmo tempo que as teoricas.

Curtiu a ideia de fazer uma faculdade à distância? Então, antes de tomar uma decisão é preciso ver se o seu curso pode ser feito dessa forma. Alguns cursos na área de biológicas (medicina, oceanografia, etc.), humanas (cinema, psicologia, direito, etc.) e exatas (arquitetura, astronomia, etc.), necessitam da presença do aluno.

Consulte no site do EaD se o curso que você deseja também está nessa lista clicando aqui.

Estudar os temas que você mais gosta e trabalhar na área pode ser um objetivo a ser buscado a partir de agora. Se liga!

Com o início das inscrições para os principais vestibulares (UFRGS, UFPR, ITA, PUC, Fuvest, Unicamp, etc), a escolha da profissão se torna um problema para alguns estudantes. Por onde você, que passa por todos os tipos de pressões de estudo e da família, deve começar para descobrir qual profissão seguir, ou seja, onde irá encontrar o seu lugar? Pegue essas dicas!

DESCOBRIR:
Algumas dúvidas podem nos levar à descoberta do nosso modelo ideal de felicidade, o qual deve ser personalizado e não copiado de alguém. Para descobrir o que você gostaria de fazer todos os dias, faça a si mesmo as seguintes perguntas: Quem sou eu quando ninguém está vendo? O que é sucesso para mim? O que me faz feliz de verdade? O que eu faço que não tem nada a ver comigo?


(Foto: Reprodução/Pinterest)

ASSUMIR: É necessário listar uma série de ações para que o seu dom tenha resultados e de fato faça parte da sua vida. Para chegar a uma conclusão, alguns questionamentos também terão que ser feitos: De que formas meu dom se manifesta? De qual maneira posso aumentar as chances de exercer o meu dom todos os dias? Como posso transformar meu dom para que seja, de fato, um ponto forte? 

REALIZAR: Para ser verdadeiramente feliz, é preciso se doar de alguma forma. Nosso dom pouco faz por nós se não o direcionarmos a alguém. É a satisfação de alguém a quem ajudamos com nosso talento que realimenta esse ciclo. Para isso questione-se: A quem posso ser útil através do meu dom? De que maneira o meu dom pode impactar positivamente a vida das pessoas? 

#Partiu fazer uma listinha com essas respostas e ir atrás da profissão que mais tem a sua cara?

Quem deu as dicas: Produtora cultural e autora Dominique Magalhães. 

Se existe um dilema entre os estudantes do Ensino Médio é: entrar na faculdade direto ou focar em um curso de menor duração? Se essa dúvida também não sai da sua cabeça, vem com a gente, vamos ajudá-la a se decidir já!

Graduação: para escolher a faculdade logo de cara você precisa ter em mente que deverá focar nos estudos (entre disciplinas práticas e teóricas) por, em média, quatro anos seguidos. Para ingressar em uma faculdade será preciso prestar o vestibular e cada instituição de ensino segue um critério de seleção. 

Curso técnico: além de serem mais técnicos (dãrd!), seu maior objetivo é, em pouco tempo, formar profissionais capacitados para exercer a função escolhida. Em nosso país existem três tipos de cursos técnicos: o integrado, que você pode fazer junto com o Ensino Médio; o externo, que é feito na mesma época do colégio, mas em outro período; e o profissionalizante, que pode ser feito após o término do colégio. 


(Foto: Reprodução/Pinterest)

Qual é a melhor opção?

Se você tem pressa... Para entrar no mercado de trabalho e começar a exercer a profissão que tanto sonha, busque pelo curso técnico – que tem duração média de dois anos – e dedique-se totalmente a esse período de estudo prático que lhe dará a chance de conhecer mais a profissão escolhida, além de treiná-la para a rotina do trabalho. 

Se você está em dúvida... A melhor coisa a se fazer é uma boa pesquisa sobre os temas que mais gosta de estudar e pedir opinião para os seus professores. Muitas vezes escolhemos uma profissão que achamos ter apenas uma função, até que descobrimos que ela pode abrir várias portas diferentes, dando a chance de se apaixonar por um assunto que você nem sabia que existia. Vale a pena se informar para não se arrepender depois! 

Se você tem certeza do que quer... Opte pela faculdade. Nela você não vai apenas aprender as matérias estipuladas, mas criará laços com pessoas que poderão ajudá-la durante todo o período acadêmico. E não pense que a faculdade é só teoria, viu? Independentemente do curso escolhido, você sempre colocará a mão na massa. Preparada? 

Você vive se perguntando se estudar em grupo vale a pena ou Quer saber como? Então se liga nas dicas do professor para perceber quando as discussões do grupo ajudam – ou começam atrapalhar! que revisar a matéria sozinha pode ser menos eficaz? Se liga nas dicas da Atrê!

Para responder de vez esse dilema, a Atrê buscou a ajuda do orientador educacionalJoão Roberto de Souza, do Colégio Visconde de Porto Seguro. “Nem todos os alunos têm a mesma motivação e disposição para estudar em grupo diariamente, por conta do cotidiano de cada um. Por isso, a melhor escolha para o vestibulando é treinar sozinho, pois ele tem a liberdade de estudar o tempo que achar necessário para cada conteúdo, além de poder dar atenção extra aos seus pontos fracos”, explicou.

Apesar disso, ele deixou claro que é possível – e útil - combinar os dois métodos de vez em quando. Quer saber como? Então se liga nas dicas do professor para perceber quando as discussões do grupo ajudam – ou começam atrapalhar! 


(Reprodução/Pinterest)

5 vantagens de se estudar em grupo: 

1. Pode ser menos estressante.
2. Cada vestibulando pode estudar uma parte da disciplina e explicar para os outros.
3. Um vestibulando pode motivar o outro.
4. Pode tirar a dúvida assim que ela aparecer.
5. Os debates podem criar novas ideias.

5 desvantagens de se estudar em grupo: 

1. Perda de tempo para o grupo iniciar o estudo.
2. Auto sabotagem, pois se o grupo não tiver foco e maturidade, o estudo não acontece.
3. Debater o tema em grupo pode atrasar o estudo.
4. Sobrecarga em um dos membros, que tem de ensinar os demais, prejudicando seu rendimento.
5. Em grupo é mais fácil perder a concentração.

5 dicas para o estudo em grupo render

1.
Todos precisam ter o mesmo objetivo, como a mesma faculdade ou a mesma carreira.
2. Deve haver um planejamento de tempo rígido e bem organizado.
3. Maturidade dos estudantes para não dispersar e perder o foco.
4. Evitar o papo sobre assuntos fora das disciplinas.
5. Evitar tirar as dúvidas complexas quando elas aparecem. O ideal é organizar um momento para discussão desta dúvida.

E aí, está com alguma dúvida? Vai prestar vestibular? Compartilhe com a Atrê!

Da série: coisas que você precisa saber, mas ninguém conta! Quando passamos no vestibular e entramos na faculdade, um mundo novo se abre aos nossos olhos e, com isso, alguns perrengues aparecem. Para não ficar perdida e ter de lidar com tudo sozinha, selecionamos 5 dicas para você encarar a vida universitária. Confira:

#1. Tenha objetivos: Ao iniciar o curso escolhido, é importante ter em mente onde se pode ou quer chegar. Desta forma, você fora no que quer e corre menos riscos de mudar os rumos. 

#2. Socializar é importante! E não estamos falando apenas das festinhas! Além dos amigos, na faculdade você acaba fazendo contatos profissionais, que no futuro podem ajudá-la a conseguir uma boa colocação ou indicá-la àquela vaga dos sonhos.

#3. Seja esforçada: Não vai mais adiantar reclamar ou chorar para o professor, a vida é mais dura na universidade. As suas notas serão resultados apenas do seu esforço. Sem contar que os professores da faculdade também conhecem um monte de gente importante. Pode ser que no momento em que estejam procurando alguém para ocupar uma vaga, indiquem você, já que sabem do seu empenho e dedicação.  


(Reprodução/Pinterest)


 #4. Poupe sua grana desde já! Aproveite que neste momento você está apenas estudando para o vestibular, não está saindo com tanta frequência e guarde uma graninha. Na faculdade, o estudante tem muitos gastos, como material, alimentação, transporte, cópias, etc. E, se você passar em uma universidade em outro estado, então, esses gastos serão maiores. Mesmo que os pais banquem tudo, é bom ter uma reserva para possíveis perrengues. 

#5. Organize seu tempo: Vão aparecer muitas oportunidades de badalar por aí, mas tome cuidado. Lembre-se de que o seu objetivo é estudar! Além disso, é bacana enquanto não consegue um estágio que você participe das atividades acadêmicas e, para isso, vai ser necessário ter o seu próprio ritmo de estudos, para conseguir dar conta de tudo e ainda se sair bem nas provas e nos trabalhos. Nem pense em deixar tudo para a última hora. Se isso é complicado na escola, imagine na faculdade!

E aí, está preparada? Que comecem os jogos!  

Feira das Profissões recebe alunos neste sábado e esclarece as dúvidas mais comuns da hora de escolher uma carreira

Foto: Shutterstock

A gente sabe que é super dificil escolher a profissão que se quer seguir no futuro. São tantas dúvidas, opções e às vezes a gente se identifica com mais de uma. Mas, e na hora de escolher? É importante saber o máximo possível sobre a profissão, conversar com os profissionais da área, saber como funciona o curso.

Neste sábado (16), rola uma Feira das Profissões, que será realizada no Cólegio Dante Alighieri- Alameda Jaú, 1061 - Cerqueira César - São Paulo/ SP, das 10h00 às 17h00. Os alunos recebem informações sobre o funcionamento dos cursos em diversas áreas: a grade curricular, o sistema de avaliação, a metodologia de ensino - e também sobre o mercado de trabalho das carreiras: salário médio, onde se pode trabalhar, o dia a dia da profissão. 

Veja a programação do evento

10h – Palestra de abertura

 Como escolher a sua profissão – Decisões reais em um mundo cada vez mais digital

palestra com Leo Fraiman – Professor, autor, psicoterapeuta e mestre pela USP

12h – Profissões do Futuro – Você está no jogo?

palestra com Sidnei Oliveira – Autor e consultor, expert em Geração Y e Z

15h30 – Futuro Profissional: Como fazer a escolha certa?

palestra com Tiago Tamborini – Psicólogo, pós-graduado pela USP

Para participar, os interessados devem acessar o site: www.teenager.com.br e imprimir o convite. 

Quer fazer moda na facu? A Atrê te conta com que um profissional de moda pode trabalhar!

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

Se engana quem acha que, todo mundo que faz faculdade de moda, vira estilista. Existem muitas outras profissões que envolvem e muito o mundinho fashion. Vem conhecer elas:

Negócios da Moda
Essa profissão cuida dos bastidores da moda. Você poderá ligar com a divulgação e comercialização de marcas, desenvolver negócios envolvendo o marketing, cuidar da imagem da marca e das estratégias de venda das roupas e cuidar para que as coleções sejam lançadas nos dias pré-determinados.

Jornalista de Moda
É aquela profissional que escreve sobre o tema para jornais, revistas e sites especializados. Esta profissional tem que estar ligada no que está bombando nas passarelas, saber o que os estilistas estão preparando para as próximas coleções e deve ter uma capacidade para dizer o que das peças mostradas nos desfiles que vão para as vitrines. Demais, né?

Produção de Moda
Gosta de tirar fotos? Então, essa é pra você! Quem cuida de produção de moda, pode fotografar coleções, preparar editoriais, organizar campanhas publicitárias, desfiles ou determinar quais looks devem aparecer nas fotos que vão para as revistas ou sites.

Setor de criação
É onde a moda nasce. Você poderá desenhar os looks que vão para as passarelas, escolher qual tecido deverá ser usado, etc. O setor de criação envolve até trabalhos como corte e costura, que também são muito bacanas.

Figurinista
Sabe aquelas roupas baphos que a gente vê em novelas e filmes? Quem escolhe essas peças é a figurinista. É um trabalho que exige muita dedicação e estudo, já que suas escolhas vão ser vistas por milhares e milhares de pessoas. Mas deve ser superdivertido escolher as roupas para as atrizes divas usarem, né?

Produtora executiva de desfile
É aquela que cuida de detalhes mais específicos de um desfile, como locação, luzes, efeitos como fumaça, a aparelhagem de som e tudo mais. A remuneração costuma ser paga com cada trabalho ou desfile feito.

Outras profissões:  desenvolvimento de produto, assessora de imprensa de moda, consultora, vendedora, consultora de imagem, personal stylist e muito mais. 

A Atrê indica as obras literárias para você se preparar desde já

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

Além de estudar matemática, física e matérias que caem na escola, é importante estar atenta a alguns livros que contam passagens importantes da história. Saiba qual não pode faltar na sua estante e se prepare desde já!

O Menino do Pijama Listrado – John Boyne
Este livro é sobre a Segunda Guerra Mundial, mas por um ângulo diferente. Bruno é um garoto de 9 anos que não entende nada sobre o Holocausto – ele só sabe que algo estranho está acontecendo em sua família, que parece ter alguma ligação misteriosa com os judeus. A alguns metros de sua casa, há uma cerca, e é lá que ele conhece um garoto que nasceu no mesmo dia que ele. O Menino do Pijama Listrado é uma linda história sobre amizade em tempos de guerra.

O Mundo de Sofia – Jostein Gaarder
Prestes a completar 15 anos, Sofia Amundsen começa a receber cartões-postais de uma pessoa anônima. As mensagens trazem perguntas filosóficas, que Sofia deve tentar responder. Se você quiser estudar filosofia de um jeito light, O Mundo de Sofia é o livro certo para você. Esse romance é uma espécie de guia dos maiores filósofos de todos os tempos, com um resumo de suas ideias principais.

O Homem que Calculava: aventuras de um singular calculista persa – Malba Tahan
Matemática não é o seu forte? Calma, este livro vai ajudar você. Ele narra as aventuras de um calculista que vive em Bagdá, no século 13, e que se depara com diversos problemas matemáticos. Como naquela época não havia muitos recursos tecnológicos, ele solucionava tudo com seu raciocínio lógico. Além de treinar seu cérebro, você ainda vai aprender mais sobre a história da matemática.

A Eloísa Alvim, de 17 anos, já se inscreveu para o vestibular em Engenharia Civil, mas ainda tem algumas dúvidas sobre como é o curso e o mercado de trabalho. Essa profissão também a interessa? Então vem com a gente!

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Como é o curso de Engenharia Civil?
O curso está estruturado em três grandes blocos: disciplinas de fundamentação geral (com foco em Matemática e Física), disciplinas profi ssionalizantes (disciplinas básicas de Engenharia) e as disciplinas específicas da habilitação civil, que envolvem concepção, projeto e dimensionamento das obras.

Quanto tempo tem o curso de Engenharia? A oferta de estágios é grande?
O curso tem duração de cinco anos e há grande procura por estagiários, em especial a partir do 3º ano, quando os estudantes começam a ter um contato maior com conteúdos específi cos da área.

Em quais áreas o engenheiro civil pode atuar?
O engenheiro civil pode atuar em diversas áreas e mercados, desde a fase de planejamento
e concepção de uma obra até a de projeto, construção e manutenção. Áreas como orçamento, gerenciamento e seguros também absorvem grande número de engenheiros.

Quais matérias da escola são mais importantes para quem quer se tornar engenheira?
Matemática e Física são as matérias que merecem atenção e dedicação, pois vão ajudá-la durante o curso e em toda a sua vida profissional.

Quais qualidades uma boa profissional deve ter?
Dedicação, empenho, criatividade e espírito empreendedor definem uma boa profissional da área.

Que dica você daria para quem está pensando em prestar vestibular para Engenharia Civil?
A dica é lembrar que ao realizar o sonho de ser engenheira você estará ajudando outras pessoas a realizarem os seus sonhos, como ter uma casa própria, melhores condições
de infraestrutura, de mobilidade, de saneamento, entre outras.

Quem deu as dicas: Gisleine Coelho, coordenadora do curso de Engenharia Civil da Universidade Anhembi Morumbi

O colégio acabou e você não quer ir pra facu ainda? A Atrê te ajuda!

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

Se você terminou o colégio e ainda não sabe o que quer ser quando crescer, uma solução é adiar a entrada na facul. Daí, enquanto não se decide, você pode apostar num intercâmbio, no voluntariado ou até começar a trabalhar pra valer. Saiba mais sobre essas e outras opções!

Continue Lendo