Cartunista: curiosidades sobre essa profissão

Colaborou Victória Ragazzi | Foto Shutterstock 

Cartunista: curiosidades sobre essa profissão

A Isabeli Monteiro, de 14 anos, gosta muito de desenhar, e sonha em fazer disso a sua profissão. Para ajudá-la a se decidir, revelamos tudo sobre o trabalho. Se liga!

Existe uma faculdade específica para quem quer ser cartunista?
Na verdade, não existe uma faculdade específica em quadrinhos. A maioria dos cartunistas é formada em Jornalismo,Letras, Desenho Industrial, Publicidade,ou são autodidatas.

E cursos de especialização na área? Qual é o melhor caminho para quem quer se tornar cartunista?
A maioria dos cursos que encontramos é de excelente qualidade. A duração de um curso de história em quadrinhos(HQs) varia e geralmente é livre. O melhor caminho é a dedicação, os cursos servem para colocá-la em contato com o processo, mas o resultado vai depender apenas de você.

O que um estudante deve levar em consideração ao escolher trabalhar com cartuns?
Primeiro de tudo é se perguntar: porque quero fazer isso? Quero publicar tiras em jornal ou revista? O mercado é aberto, mas tão competitivo quanto qualquer outro, por isso, um bom plano é fundamental. Ter bom texto e estar bem informado também faz toda a diferença.

 

Quais são as vantagens e desvantagens de se trabalhar na área?
Se conseguir se colocar no mercado como uma boa quadrinista, uau, que sonho! Os tops nesta profissão são relativamente bem pagos e há uma série de satisfações. E outra coisa: se você já sabe sobre o que quer desenhar,se já tem histórias na cabeça, as suas chances são ótimas. A internet está aípara isso! Você faz, publica, divulga e vê o que acontece. Uma desvantagem: não espere fazer dinheiro tão cedo. O sucesso na profissão é como tudo o que é importante na vida: leva tempo!

Um profissional especializado em cartuns pode trabalhar onde?
Não é uma regra, mas muitos cartunistas têm facilidade em trabalhar com desenhos publicitários. Aliás,a publicidade é um ótimo campo de treinamento. Nela, você aprende a consolidar ideias, a trabalhar enquadramentos (storyboards),composição de imagem, etc.

Quanto ganha um profissional da área?
Depende da área e do que você vaifazer. Vamos supor que uma marca queira contratá-la para produzir tiras em quadrinhos semanais. Aí você pode tirar de R$ 1 mil a R$ 5 mil ao mês. Se o seu negócio é publicar em editoras, o valor pode chegar a R$ 30 mil. Apesar de aberto, o mercado é flutuante. Ou seja, depende do quanto as empresas e editoras têm para investir. De um modo geral, países como EUA, Japão e quase todos da Europa valorizam o cartunista. Isso porque o ofício nasceu com a imprensa, então, onde a comunicação for forte, o cartum também será.

Quais são as técnicas mais importantespara poder se dar bem na profissão?
Basicamente, a pessoa precisa dominar os três pilares de uma boa HQ:roteiro, desenho e finalização. Não é imprescindível saber escrever, desenhar e finalizar superbem, mas, às vezes, você pode ser chamada para roteirizar ou só finalizar uma arte de outro artista.

Quais dicas você daria para quem quer seguir no ramo?
Desenhe muito, escreva muito, enfim,seja mais do que uma cartunista. Você vai encontrar todas as dificuldades que imagina, mas se tiver força de vontade,as coisas acontecem. Não seja só uma artista, mas uma comunicadora.

***Quem deu as dicas: Pedro Ivo Barbosa, cartunista, autor do livro O Cidadão Incomum, redator e apresentador do portal Stuplendo e já produziu charges políticas para o programa Agora é Tarde.