Assine

Você escuta todo mundo falar, mas tem um montão de dúvidas quando o assunto é orgasmo? Nós esclarecemos algumas para você!

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

- O orgasmo é o momento de intenso prazer físico e emocional durante o sexo, e é seguido por ciclos de rápidas contrações musculares nos músculos pélvicos. Nos homens, ele geralmente vem acompanhado da ejaculação.

- Os tão comentados “orgasmos múltiplos” são os mais demorados, em que a sensação é de que um termina e outro começa em sequência, sem tempo de descanso. Mas não pense que tem algo de errado com você caso não tenha um. Isso não é muito comum de acontecer!

- Para chegar ao orgasmo é necessária a estimulação direta ou indireta do pênis ou do clitóris, que pode ser causada por atividade sexual, masturbação, sexo oral, etc.

- Além de proporcionar o bem-estar momentâneo, o orgasmo pode trazer benefícios à saúde física e mental. Ele pode aliviar dores como enxaquecas e cólicas menstruais, pois libera endorfina e oxitocinas em quantidades até cinco vezes maiores do que o normal, e essas substâncias são responsáveis pelo controle da dor.

- O orgasmo também é capaz de aliviar tensão musculares, promovendo o relaxamento do corpo todo, o que faz o seu sono melhorar consideravelmente.

Está com dúvidas na hora de colocar a camisinha? A Atrê te ajuda!

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

Chegou a hora. Você decidiu transar porque se sentiu pronta e é o momento de desabotoar o sutiã, segurar o coração pra não sair pela boca, tentar relaxar e fazer deste um momento muito especial e prazeroso. Porque ele é mesmo!

Mas nunca cansamos de repetir: sexo TEM de ser com camisinha desde a primeira vez. Ainda que você opte por tomar pílula anticoncepcional, usar o preservativo é fundamental. É ele que vai proteger vocês de doenças sexualmente transmissíveis – como aids, gonorreia, sífilis, HPV, clamídia, entre outras – além de uma gravidez indesejada. Ainda está com dúvidas sobre esse método de prevenção? A Atrê te ajuda!

- Tem que usar em todos os tipos de relação sexual: vaginal, anal e oral. Afinal, você pode pegar uma DST fazendo sexo oral ou anal também.

- Coloque a camisinha antes de qualquer contato do pênis com a vagina, ânus ou boca. Essa história de colocar só quando for ejacular não rola. O pênis solta um líquido discreto antes de ejacular, que pode conter espermatozoides.

- Troque a camisinha a cada relação. Assim, não há risco de ela rasgar nem de você pegar alguma infecção. Não economize!

- Sempre preste atenção no prazo de validade do preservativo e nas condições em que ele foi armazenado. Evite guardar na carteira por muito tempo, por exemplo.

- Quando usada corretamente, a camisinha tem eficácia de proteção de 98%. Ou seja, com ela, as chances de se contrair uma doença ou ter uma gravidez indesejada são mínimas.

Será que o preservativo é o método mais seguro de prevenção?

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

“Tenho 14 anos, e eu e meu namorado já queríamos transar, mas tenho muito medo porque não tomo pílula. Posso transar só com a camisinha ou é preciso tomar pílula também?” - T.S., (14 anos), São Paulo – SP

Transar sem tomar pílula ou outro anticoncepcional é o maior vacilo, T. Porque você pode sim engravidar caso a camisinha fure ou esteja com algum defeito. Para não correr esse risco, você deve se consultar com um médico sobre o uso do anticoncepcional, ele poderá te indicar o melhor método e te dar mais informações sobre seu uso. Hoje em dia existem vários métodos anticoncepcionais, como adesivos, injeções e a pílula. Junto com seu médico, vocês poderão encontrar qual desses se adéqua melhor a você e assim te deixará tranquila para ter relações sexuais com seu namorado.

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids é celebrado hoje, dia 1º de dezembro

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Hoje é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, criado com o intuito de te deixar mais esperta e atenta com os riscos que a Aids e as doenças sexualmente transmissíveis oferecem.

Para marcar a data, a L'Oréal Professionnel promove o Salão Solidário, ação social com vários salões de beleza de todo o país, na qual toda a renda arrecadada com os cortes de cabelo será revertida para a Sociedade Viva Cazuza, que cuida de crianças portadoras do vírus HIV/Aids.

A campanha contará com mais de 200 profissionais e 30 salões de beleza durante todo o Dia Mundial.Dá uma olhada no site para saber quais serão os salões participantes e #partiuajudar. Anotou a dica?

Não vacile!
A Aids é uma doença que ataca o sistema imunológico, abrindo espaço para que infecções ataquem o corpo, causando sérios danos e até morte. A infecção da Aids se dá pelo HIV, vírus transmitido pelo sangue, esperma ou secreção vaginal. Por isso, para evitá-la, só tem um jeito: usar camisinha em todas as relações sexuais! Nada de vacilar, ok? Como não dá pra saber pela aparência se uma pessoa é portadora do HIV, exija que o garoto use o preservativo, do contrário, pule fora! Lembre-se: só você é responsável pela sua proteção! Combinado?

 

Solucionamos as maiores dúvidas que as garotas tem sobre virgindade

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

A primeira vez costuma ser um bicho de sete cabeça para as meninas, né? Pensando nisso,a Atrê foi atrás das cinco maiores dúvidas sobre virgindade e primeira vez e responde agora pra você:

É possível perder minha virgindade usando absorvente íntimo?
A virgindade está vinculada ao rompimento do hímen, e como os absorventes internos são muito finos e não podem causar este rompimento, eles não tiram a virgindade. 

Com quantos anos posso começar a ter relações sexuais?
Não há uma idade estipulada para iniciar as relações sexuais. O importante é que se faça com segurança, sem nenhum tipo de pressão, e com a pessoa certa, para não se arrepender depois. Antes de iniciar a vida sexual é muito importante se consultar com um ginecologista para algumas orientações que farão toda a diferença. A menina deve saber como se prevenir de doenças ou de uma gravidez indesejada. 

É possível descobrir se a menina não é mais virgem?
A menina que é virgem possui uma película chamada hímen na região da entrada da vagina, que se rompe de forma permanente após o ato sexual com penetração. Mas fora o ginecologista ninguém poderá dizer se a menina ainda é virgem ou não. Um garoto ou sua mãe, por exemplo, não têm como saber!

Todas as meninas sangram quando perdem a virgindade?
Não. A lubrificação da vagina antes do sexo pode ajudar a não sangrar. Além disso, 20% das mulheres têm o chamado hímen complacente (quando ele tem muita elasticidade e volta ao normal depois do ato sexual), que não se rompe durante o sexo, logo, não causa sangramento.

Por que a primeira vez dói?
Normalmente a primeira relação causa incômodo porque a menina está vivendo uma situação nova e é natural ficar ansiosa. Afinal, são muitas descobertas. Essa ansiedade acaba causando redução da lubrificação vaginal e contração de toda a musculatura do períneo (o conjunto de músculos que ficam ao redor da vagina e do ânus), que tornam a penetração mais difícil. Além disso, a ruptura do hímen também pode gerar dor para algumas meninas. O mais importante é estar confortável, em ambiente seguro, com um parceiro que você confie e usando preservativo. Esses detalhes ajudam muito.

Será que existe essa possibilidade? Veja a resposta que a Atrê deu para essa dúvida de leitora!

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

"Comecei a me masturbar por curiosidade. E, na primeira cez, não saiu sangue, mas acho que perdi a virgindade. Agora estou com um corrimento. Morro de medo de ir ao ginecologista e ele contar para a minha mãe. Isso é grave? Como faço para falar com ela?" - A. S., 13 anos, São Paulo - SP

A., você não precisa sentir vergonha de ter tido experiências sexuais, principalmente as relacionadas à masturbação. A sexualidade é algo normal e íntimo. Você não precisa dividir as suas experiências pessoais com amigas, por exemplo, mas é importante que divida com um especialista que possa fazer um exame ginecológico e também solicitar alguns exames laboratoriais. Assim você poderá tirar as suas dúvidas, e tendo algum problema, o médico saberá indicar o tratamento adequado. A masturbação normal - como a que você relatou -, com as mãos limpas, não traz nenhuma consequência, por isso, é importante que procure um ginecologista o mais rápido possível. Não tenha medo nem vergonha de procurar ajuda quando precisar, isso é supernormal, viu? Tudo de melhor, querida!

Por Sônia Eustáquia, sexóloga e psicóloga pós graduada em sexualidade humana. 

Camisinha ou pílula? Será que os métodos são mesmo eficazes?

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

“O meu namorado reclama de usar a camisinha, e mesmo tomando pílula tenho medo de engravidar. Se eu resolver transar com ele sem camisinha depois do fim da minha menstruação existe a possibilidade de engravidar?” - M.B., 15 anos, Salvador - BA

Continue tomando a sua pílula porque ela é um contraceptivo efi caz. A camisinha é eficiente na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e também ajuda a prevenir uma gravidez. Consulte um ginecologista para se orientar melhor sobre o uso da pílula. E lembre-se: a pílula previne a gravidez e a camisinha evita principalmente as DSTs. Tanto a gravidez sem planejamento quanto a possibilidade de doenças são acontecimentos que mudam a vida. Percebi pela sua pergunta que você precisa de uma orientação bem pessoal, com um profi ssional que irá conversar sobre o grau de confiança que você tem em seu namorado para optar pelo não uso da camisinha. Um vacilo pode prejudicar a sua saúde e mudar a sua vida para sempre. Por isso, você deve pensar muito antes de aceitar, ok?

Descubra qual é o jeito certo de se prevenir e fique ligada

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

“Fiz sexo com meu namorado apenas duas vezes. Eu não tomo pílula anticoncepcional, mas ele usa camisinha e não ejacula dentro de mim. Porém, estou com medo de estar grávida e não consigo pensar em outra coisa, embora não tenha nenhum sintoma. Existe a chance de eu estar mesmo grávida?” - N.P., 16 anos, Vitória - ES

Embora a camisinha seja considerada um método contraceptivo seguro, ela não é tão eficaz quanto a pílula, que é quase 100% segura! Muitos incidentes podem acontecer, como, por exemplo, estourar, sair do pênis ou vazar esperma durante a relação. Para que nada disso aconteça, lembre-se de que o preservativo deve ser usado a partir do momento em que houver o toque do pênis na vagina, mesmo que apenas na parte externa. Após a relação, retire a camisinha imediatamente, pois o pênis irá perder a ereção e pode correr o risco de vazar alguma coisa. Quanto à sua suspeita, a dica é que você faça um teste de gravidez comprado em farmácia ou um exame de sangue. São testes simples e que podem lhe devolver a tranquilidade. Assim que o susto passar, procure um ginecologista e peça orientação sobre o melhor anticoncepcional para você. A sexualidade é maravilhosa e deve ser vivida com serenidade e prazer, não vale a pena ficar sofrendo.

A Atrê te dá a dica do que fazer se isso acontecer

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

“Moro no interior do Amazonas, não temos ginecologista aqui e tenho medo de contar isso para a minha mãe. Perdi minha virgindade há alguns meses com o meu namorado e transamos uma vez sem camisinha. Desde então, minha vagina está com um cheiro estranho. O que pode ser?” - J.L., 17 anos, Barcelos – AM

A sua mãe não precisa saber que você teve relações sexuais com o seu namorado, caso não queira contar isso para ela, porque os corrimentos podem aparecer em meninas virgens, que se contaminaram com roupas e banheiros não higienizados. Porém, é necessário que você tome uma providência urgente! Procure um adulto em quem confia e peça ajuda, pode ser uma amiga ou professora, por exemplo. Ela vai ajudá-la a conseguir um médico ou posto de saúde em alguma cidade próxima e, na ocasião, o especialista fará um exame físico e colherá material para exames laboratoriais. Só depois disso é que terão um diagnóstico e o médico poderá lhe prescrever a medicação correta. Ter uma determinada quantidade de corrimento vaginal é normal, mas se você diz que está com cheiro estranho, pode ser indicativo de alguma infecção por fungos ou tricomoníase (DST). Caso esteja com essa infecção é necessário que seu namorado também faça o tratamento, mesmo que ele não tenha sintoma algum. O importante é que você capriche na higiene e não deixe de tomar as providências para fazer o exame. Uma dica para você que não tem médico na cidade: às vezes, a tricomoníase é detectada também no exame de urina. Se tiver dificuldades para ir ao médico, fale com a sua mãe sobre a possibilidade de fazer um exame de urina pelos incômodos. Creio que ela irá se preocupar e acompanhará você no médico. Boa sorte! Vai dar tudo certo!

Será que a prática também pode te prejudicar?

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

“Fui fazer sexo oral no meu namorado pela primeira vez, daí ele acabou não aguentando, ejaculou e eu engoli um pouco de sêmen. Tem algum problema pra mim? Fiquei preocupada!”B.A., 17 anos, Resende - RJ

O esperma ou sêmen é constituído por espermatozoides e por líquidos que contêm proteínas e sais minerais, que são benéficos à saúde. Em uma pessoa livre de doenças ele não é nocivo em contato com a pele, boca ou órgãos internos, como o estômago e o intestino. Um artigo publicado em 2000 por um grupo holandês em uma revista de imunologia reprodutiva mostrou que o sêmen é rico em uma série de compostos chamados HLA, sigla em inglês para “antígeno dos leucócitos humanos”, que são as proteínas produzidas na superfície das células que ajudam o corpo a reconhecer o que pertence a ele e o que é estranho. Esse estudo revelou vários benefícios do sêmen como produto imunológico. Mas temos de ter cuidado porque ele também pode ser um meio de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), incluindo o HIV, vírus que causa a aids. Então garanta que seu parceiro seja de confiança e não tenha nenhuma dessas doenças; no mais, não há problema.

Ou será que é cilada? Fique ligada nos riscos que se pode correr

Seu namorado mora longe e vocês nem sempre podem se ver. Daí, o gato pede para fazer sexo virtual com você usando a webcam. Ou pede para você mandar umas fotos mais íntimas pra ele. Será que rola? 

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

Muitas meninas sentem vergonha de mostrar o corpo para o boy pessoalmente e acabam partindo para o online ou fotos no Snapchat. Outras preferem muito mais ver as fotos que o gato manda do que o sexo em si. Mas será que isso é normal?

É importante tentar descobrir com você mesma por qual motivo o sexo de verdade não a agrada tanto. Pode ser medo ou será que você não se sente a vontade o suficiente com o namô? Uma coisa é certa: quando você descobrir o que realmente a incomoda e não ter vergonha de mostrar quem você realmente é para o menino, vocês vão conseguir curtir muitos mais os momentos íntimos de vocês, certo? 

É essencial tomar cuidado e confiar muuito no menino que está do outro lado do computador ou celular. Muitas garotas já sofreram demais ao ter as suas fotos íntimas reveladas por ex-namorados na internet. Só mande fotos - e se mandar, tente não mostrar tanto o rosto - se confiar realmente no namorado. Se decidir apimentar a relação e mandar, mas for tímida, opte por aplicativos como o SnapChat, que apaga a foto sozinha logo após alguns segundos. 

Mas é importante ressaltar: não faça nada que não queira ou por pressão, combinado? ;)

A nossa especialista mostra como tudo vai dar certo! ;)

Foto: Reprodução/Tumblr

Foto: Reprodução/Tumblr

“Penso em ter relações sexuais já, até me sinto preparada, mas tenho muita vergonha do meu corpo. Meus seios são pequenos, desproporcionais em relação ao resto do corpo e têm estrias brancas. Sinto-me desconfortável com isso. Mas o maior dos meus problemas é que acho minha região íntima muito escura, mesmo eu sendo clara. Cada vez que me depilo parece que escurece mais essa área. Não sei também se o cheiro dela é normal, ou se, caso ocorra sexo oral, meu parceiro vai achar o gosto agradável. Me ajudem!” - M.P., 16 anos, Assis – SP

M., você está bastante “agoniada” com o seu corpo e com o seu desenvolvimento sexual. Relaxe e deixe as coisas acontecerem mais calmamente. Tente olhar para os seus seios com menos crítica, eles devem ter alguma beleza, aquela que combina com você e que já é sua por natureza. Você pode procurar um dermatologista para lhe orientar sobre a pele escura da região íntima, onde há pelos. Conheço pessoas que obtiveram resultados surpreendentes com tratamentos apropriados. Você também pode procurar um ginecologista para um exame no qual ele certamente irá lhe tranquilizar sobre o cheiro e esclarecer sobre a questão do gosto das secreções, além de investigar caso exista algum corrimento que precise de cuidados. Mas a dica é: fique mais animada, faça as pazes com o espelho, divirta-se, saia com os amigos, estude bastante, você está em uma fase maravilhosa da vida. Tudo vai dar certo, pode acreditar!