Saiba como funciona a pílula do dia seguinte e lembre-se: ela deve ser usada apenas em casos de emergência

Entenda como funciona a pílula do dia seguinte

Entenda como funciona a pílula do dia seguinte
Foto: SXC

Transei com meu namorado e a camisinha estourou, por isso, acabei tomando a pílula do dia seguinte. Mas dois dias depois tive um sangramento e senti muitas tonturas. Isso é sinal de algum problema? Eu posso engravidar mesmo assim?
A.R., por e-mail

Este sangramento não é comum, mas pode acontecer eventualmente. mesmo tomando a pílula do dia seguinte, a menstruação deve vir no período normal. As tonturas provavelmente foram causadas pela alta dose de hormônio presente nesse tipo de medicamento, por isso, fique tranquila, mas não deixe de procurar um médico.

Quanto antes você tomar a pílula do dia seguinte, melhor. As chances de engravidar giram em torno de 4% quando ela é tomada nas primeiras 24 horas após a relação desprotegida. Mas lembre-se: este é um medicamento emergencial e NÃO deve ser tomado sempre.

Informações: Dra. Carolina Carvalho Ambrogini, ginecologista e coordenadora do Projeto Afrodite de Sexualidade Feminina da Unifesp