Assine

Selecionamos 5 hábitos #fail que pioram as espinhas. Quer ver? Então, vem com a gente!

5 hábitos errados que pioram as espinhas 

Foto: Shutterstock

As espinhas já dão um trabalho e tanto, imagina só se você não está tratando a sua pele como deveria? Acne na certa! Para te ajudar, revelamos 5 hábitos errados que pioram as espinhas. Quer ver? 

#1 Não remover a maquiagem direito. Não tem segredo! Chegou em casa, vá tirar a maquiagem por completo e usando os produtos corretos para o seu tipo de pele. Tome cuidado para não deixar alguns cantos do rosto com aquele restinho de make, por isso, fique atenta para fazer a limpeza por completo. 

#2 O excesso de limpeza. Como dizem: algumas coisas em excesso não fazem bem, por isso, lave a sua pele no máximo 3 vezes por dia e opte pela esfoliação apenas 2 vezes por semana. Isso pode causar lesões na pele e até produzir mais oleosidade (OMG!)

#3 Espremer as espinhas! Segure as mãos e conte até 10 quando bater aquela vontade de cutucar as espinhas, ok?! Esse hábito causa inflamação e possíveis marcas na pele. 

#4 Passar produto apenas na espinha. Quando elas aparecerem, utilize os produtos em todo o rosto, pois além de agir contra a acne, ele também controla a oleosidade da pele. 

#5 Não passar protetor solar. Sabia que ele é um produto indispensável para o tratamento da acne? O filtro protege a pele e evita que as espinhas se transformem em machas. Passe todos os dias! 

OMG, selecionamos os 12 lançamentos mais legais da Beauty Fair 2016 para você pirar com todas as novidades

Veja a Galeria

A trombose pode estar relacionada ao uso de anticoncepcional. Saiba disso? Fique ligada, girl!

4 coisas que você precisa saber sobre anticoncepcional e trombose

Foto: Shutterstock

#1 A trombose é a formação de um coágulo sanguíneo em uma veia ou artéria que impede o fluxo de sangue. Quando este coágulo se movimenta na corrente sanguínea é chamado de embolia e pode provocar graves lesões no cérebro, pulmões ou em outras áreas do corpo. Fatores genéticos, hereditários e de saúde podem contribuir para que ela ocorra,e isso inclui o uso do anticoncepcional. Portanto, é importante verificar com o seu médico se a sua pílula é adequada.

#2 As chances de uma adolescente ter trombose são as mesmas de um adulto. Porém, estudos relatam que o perigo é maior no início do uso da pílula.

#3 Não necessariamente uma mulher que faz uso de anticoncepcional terá trombose. É que alguns medicamentos estão relacionados ao aumento do risco. Portanto, o médico deve levar em conta se a garota tem outros fatores de risco. Jamais tome uma pílula por conta própria!

#4 Apesar do aumento no risco de trombose, os anticoncepcionais são considerados medicamentos muito seguros. O que poucas mulheres sabem é que as pílulas mais modernas aumentam mais o risco de trombose do que as pílulas antigas.

Vai usar aparelho fixo e não faz ideia de como cuidar? Então, confira 5 dicas e cuidados para você manter seus dentes saudáveis

5 dicas e cuidados para quem usa aparelho fixo

Foto: Shutterstock

Vai ter de usar aparelho fixo? Então, saiba desde já que os cuidados com a higiene bucal devem ser redobrados, para que os dentes fiquem saudáveis. Não se esqueça dessas dicas:

#1 Passe o fio dental, pelo menos, após as duas principais refeições do dia. Existe um tipo de passador de fio, à venda nas farmácias,qu e ajuda bastante.

#2 Use sempre uma escova em boas condições toda vez que comer algo. Não se esqueça de utilizar um enxaguatório bucal.

#3 Se for comer alimentos mais duros, como maçã, por exemplo, corte em pedaços. Mas evite doces duros e/ou grudentos, como bala, chiclete e pirulito.

#4 Evite roer unhas ou morder coisas como lápis ou canetas. Isso pode quebrar o bracket.

#5 Não deixe de visitar o seu dentista com frequência. Quanto mais você demorar para fazer os ajustes com o profissional, mais tempo vai levar para tirar o aparelho.

gif katy

Escolher um perfume pode ser tão difícil quanto decidir qual música da Demi é a melhor! Afinal, a fragrância certa pode virar a sua marca registrada. Para ajudá-la nesta missão, a Atrê preparou este guia com o que você precisa saber para decidir qual o perfume ideal!

Veja a Galeria

Papo de vó #sqn Sabe aqueles conselhos que a sua vó vive dando sobre cabelos e você ignora? Acredite, alguns fazem todo o sentido. Duvida? Nós provamos agora!

Texto Aline Marchiori | Foto: Shutterstock

Mitos e verdades

Foto: Shutterstock

Dormir com o cabelo molhado faz mal?
Verdade
Isso dá caspas, acentua a oleosidade e pode provocar queda dos fios. As fibras molhadas e o atrito com o travesseiro podem danificá-las, facilitando o desenvolvimento de doenças respiratórias.

Prender o cabelo com elástico deixa os fios quebradiços?
Verdade
Essa já era de se esperar, vai? O ideal neste caso é usar prendedores de tecido sem ferrinho, pois eles não marcam nem quebram os fios. Além de serem mais bonitos!

Tirar pontas duplas deixa o cabelo fraco?
Verdade
Tirar pontas duplas não é uma boa ideia. O correto é cortá-las com uma tesoura profissional (e, de preferência, em um profissional), pois a tesoura de uso doméstico pode danificar o cabelo.

Passar talco no cabelo ajuda a controlar a oleosidade?
Mito
Hoje tem tantos produtos no mercado que não faz sentido usar talco, né? Se estiver no desespero, aposte no xampu a seco. Ah! E evite lavar os fios com água quente.

Xampu de camomila clareia o cabelo?
Mito
Nessa a vovó errou feio. A camomila por si só não é capaz de clarear o cabelo, ela apenas ajuda a  iluminar os fios naturais. Se os seus cabelos são escuros, só a tintura resolve.

Gif | Tumblr | Reprodução

Lavar os cabelos todos os dias faz mal?
Mito
Pode lavar à vontade, mas dê prioridade por lavar as madeixas pela manhã ou em um horário que garanta que sequem até a noite, pois não é aconselhável dormir com os fios molhados.

Modelador de cachos e chapinha queimam o cabelo?
Verdade
Mesmo controlando a temperatura e a deixando no mínimo, o risco para os fios é grande. Use com moderação. E, quando for usar, não se esqueça do protetor térmico.

Não é bom sair de cabelo molhado?
Mito
Pode sair com o cabelo molhado à vontade, o que você deve evitar é dormir com ele úmido (entenda por que no primeiro box). Durante o dia está liberado e não tem problema nenhum!

Quem deu as dicas: Pitty Braga, hairstylist do Jacques Janine Belo Horizonte

Revista Atrevida | Edição 250

A leitora A. está preocupada porque esta é a segunda menstruação dela no mês e já dura 11 dias. Mas pode isso? Você descobre agora!

Texto Aline Marchiori | Foto: Isabela Santos

Ciclo irregular

Foto: Isabela Santos

Keep calm

Nos primeiros anos após a menarca é normal que as menstruações sejam bagunçadas – tanto em termos de ciclo quanto em duração e intensidade do fluxo. A A. tem 13 anos, portanto, é comum que essa irregularidade. O que é estranho, no caso dela, é que isso aconteça com o uso do  anticoncepcional, que é receitado justamente para regular o período menstrual. Para que a menstruação esteja assim, a leitora não deve ter tomado os comprimidos de forma correta (todos os dias e no mesmo horário) ou não deve ter feito a pausa de acordo com a orientação médica. Nos primeiros meses de uso do anticoncepcional o corpo ainda está se adaptando e isso também pode gerar sangramentos fora de época. Problemas hormonais e uso de uma pílula que não é apropriada para o organismo também trazem esses sintomas. Nesses casos é sempre bom procurar um especialista para que ele investigue o que está acontecendo. Cada corpo é um corpo, por isso, só após uma avaliação completa é que poderá ser dado um diagnóstico.

Ciclos bagunçados


Você deve estar se perguntando: “mas por que na adolescência os ciclos são tão irregulares? Qual é o problema com o meu corpo”, certo? E a resposta é mais simples do que imagina: é que o corpo ainda é muito imaturo. Para menstruar são acionadas muitas glândulas e hormônios que dependem um
do outro para o funcionamento correto, como uma maquininha, então qualquer deslize neste processo gera essa irregularidade menstrual.

Cheeeega!

Se você já está cansada dessa bagunça que se tornou a sua menstruação, saiba que ela passa dois anos depois da menarca (primeira menstruação). Isso mesmo, você ainda vai ter de esperar um pouquinho para ter vida "normal". Só que, infelizmente, isso não vale para todo mundo, algumas garotas podem demorar até cinco anos para ter o seu ciclo regularizado. Visite o seu ginecologista frequentemente para saber a quantas anda o seu corpo.

“A minha menstruação já veio duas vezes no mês e, agora, na segunda, está vindo há 11 dias. Sou virgem, mas faço tratamento com anticoncepcional receitado pela dermatologista. O que aconteceu?” A.C., 13 anos, São Paulo, SP

 

Gif | Tumblr | Reprodução!

Dá pra pausar a menstruação?

• Não é necessário usar um método para dar uma pausa no ciclo, a não ser que isso esteja causando algum prejuízo à sua saúde.

• O único método utilizado para isso é hormonal e, na maioria das vezes, é através do uso de pílulas anticoncepcionais receitadas pelo seu médico.

• Sabe aquele papo de que na água a sua menstruação dá uma pausa? É mentira! Se você estiver em um dia de fluxo intenso ela aparece. Mas se estiver com o fluxo pequeno, ela se dissolve e não é perceptível. O que acontece é que quando a água está fria, os vasos sanguíneos se contraem e o fluxo diminui.

Quem deu as dicas: Andrea Hercowitz, médica hebiatra do Hospital Israelita Albert Einstein.

Revista Atrevida | Edição 246

Já para a cozinha! Agora que você já sabe quais são os alimentos que dão aquela força contra a TPM, que tal colocar a mão na massa e preparar um lanchinho? A Atrê selecionou receitas fáceis que vão ajudá-la a mandar esses sintomas chatos para bem longe!

Texto Redação | Foto: Shutterstock

Adeus, TPM

Foto: Shutterstock

Suco de banana

INGREDIENTES:
1 banana
100 gramas de pêssego
1 colher (chá) de canela em pó
2 colheres (sopa) de mel
100 ml de água

MODO DE PREPARO: coloque as bananas, os pêssegos, a água, a canela e o mel no processador de alimentos ou liquidificador e bata até obter um suco homogêneo. Se preferir, coe antes de beber.

Suco verde

INGREDIENTES:
2 talos de agrião
1 folha de couve
1 colher (sobremesa) de linhaça dourada
200 ml de suco de maracujá (pode ser substituído por água de coco ou limão)

MODO DE PREPARO: coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até que as folhas se dissolvam na água.

Revista Atrevida | Edição 237

Sabia que o tratamento para ela pode estar aí, no seu prato? Alguns alimentos podem ajudar a controlar a TPM e mandá-la para longe. Conheça agora os seus mais novos BFFs!

Veja a Galeria

Giovanna Secrets. A atriz revelou os seus segredos de moda e beleza só para a Atrê. Bora se inspirar?

 

Sobre sair de cabelo molhado...👍🏻

Uma foto publicada por Giovanna Grigio (@gigigrigio) em Abr 2, 2016 às 12:22 PDT

 

1. Protetor solar com hidratante: “Passo todos os dias. Sinto muita falta quando não coloco.”
2. Xampu seco: “Como o meu cabelo é misto, se passo outro xampu, ele fica uma bagunça!”
3. Hidratante pós-sol: “Uso um hidratante pós-sol para a pele descascar menos.”
4. Saia Jeans: “Estou usando bastante saia jeans com camisetas. Adoro!"

Sabe aquela dor forte que você sente todo mês no abdome? Ela não é uma cólica qualquer e pode ser sinal de endometriose. Nessa matéria te explicamos tudinho!

Texto Aline Marchiori | Adaptação Isadora Couto | Ilustração Isabela Santos


Entenda os motivos da cólica 

Se todo mês você sente dor pélvica ou cólicas fortíssimas, procure já um médico. Ao contrário do que algumas pessoas dizem, isso não é normal e pode ser sinal da endometriose, uma doença inflamatória crônica que acontece quando a menstruação ocorre fora do útero. Com isso, alguns órgãos podem ficar comprometidos, como trompas, bexiga, ovários e até o intestino.

Ela começa a se manifestar ainda na adolescência e, na maioria dos casos, agenética influencia muito. Portanto, se alguém na sua família tem endometriose principalmente sua mãe ou irmã você tem chances de ter também. Então, todo cuidado com a sua saúde é pouco! Este é um dos principais motivos pelos quais é tão importante ir ao médico e fazer exames regularmente.

Fique de olho!

Um dos principais sintomas da endometriose é a cólica menstrual, que pode surgir nas primeiras menstruações, e à medida que o tempo passa, elas vão piorando. O fluxo intenso, associado a sintomas de dor lombar, dor ao evacuar durante o ciclo e até infecções urinárias, também pode estar relacionado à doença. O diagnóstico deve ser feito por um médico que analisará os sintomas e pedirá exames de imagem, como a ressonância, ultrassom e exame de toque.

Chega de sofrência

Se descobriu que está com endometriose, fique tranquila, pois existe tratamento. Ele deve ser iniciado o quanto antes para evitar problemas futuros, que podem ser desde invasão da doença em órgãos como intestino, trompas e ovários, evoluindo até a esterilidade. O tratamento quase sempre é iniciado com medicamentos hormonais à base de progesterona, anti-inflamatórios, e orientações alimentares para ingestão de derivados de vitamina B6. Se a doença já estiver avançada, pode ser o caso de uma cirurgia com mínima invasão, feita com pequenos furos para removê-la.

Endometriose X Mioma

Ao contrário do que muita gente acha, a endometriose não tem nenhuma relação com o mioma. Eles são coisas completamente diferentes! O mioma é um tumor que se desenvolve no útero e costuma atingir mulheres mais velhas, entre 30 e 50 anos. 

 

Revista Atrevida | Ed.255

 

 

 

Sabe aquelas perguntas que você sempre quis fazer sobre absorvente interno? Nós fizemos e te contamos tudo agora! Veja o que é mito e verdade sobre esse tipo de absorvente

Texto Laura Nogueira | Foto: Shutterstock

Fique por dentro

Foto: Shutterstock

Qual é a diferença entre um absorvente externo e um interno?

Os absorventes externos são usados por fora e se aderem à calcinha. Já o interno é inserido na vagina para absorver o fluido antes de sair do corpo.

É verdade que só meninas que não são mais virgens podem usar esse tipo de absorvente?

Não! Meninas virgens também podem fazer uso desde que consultem um ginecologista. Casos raros podem impedir o uso desse tipo de absorvente, por isso é tão importante procurar um ginecologista após a primeira menstruação.

Podemos perder a virgindade com ele?

Não! Isso é um mito, não há riscos de romper o hímen.

É verdade que ele pode “se perder” lá dentro?

Não se perde, não! Não existe passagem da vagina à cavidade abdominal, e é entre a parte externa da vagina e o colo do útero que o absorvente é posicionado. Para retirá-lo basta puxar a cordinha, mas se ela se romper, o absorvente deverá ser retirado com os dedos.

Qual é a maneira correta de colocá-lo?

Não existe maneira correta. Algumas garotas preferem colocar sentadas, outras preferem colocar em pé, e outras ainda acham que deitadas e flexionando uma das pernas pode ser a melhor posição. Tente de jeitos diferentes até encontrar o melhor para você.

É normal sentir um incômodo?

Não! Se ele estiver incomodando é sinal de que não foi colocado de maneira correta. Você deve colocar bem no fundo da vagina para evitar esse incômodo.

Eu posso entrar na água com ele?

Claro! Por isso o absorvente interno é a opção mais adequada para quando você vai à praia ou à piscina.

Como eu faço a escolha do tamanho do absorvente interno?

A escolha desses absorventes é feita igual à dos absorventes externos, de acordo com volume de fluxo. Então, para dias de fluxo mais intenso, por exemplo, o ideal são as opções maiores.

Quem deu as dicas: Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra da Clínica Domingos Mantelli e Dra. Karina Zulli, ginecologista e obstetra do Hospital Maternidade São Luiz.

Revista Atrevida |  Edição 234