A Atrê ajuda você a escolher pela depilação com cera quente ou cera fria! Veja as vantagens e desvantagens de cada uma! ;)

depilação

Depilação: saiba qual tipo de cera é ideal!

Foto: SXC

 A depilação com cera pode até ser dolorida, mas é superprática e deixa a pele livre de pelos por, pelo menos, 20 dias! Mas você já parou para pensar qual tipo de cera é ideal para a depilação? A depiladora Jucélia Silva, da Depillah, explica as diferenças entre a depilação com cera quente e a com cera fria. Veja só! ;)

Cera quente

- A cera quente é mais indicada para as garotas mais sensíveis à dor. “O calor funciona com um antiinflamatório, dilata os poros facilitando a saída do pelo e consequentemente, provoca menos dor.”, explica a depiladora.

- Ao contrário do que muita gente pensa, a cera quente não mancha a pele se for aplicada devidamente.

- É indicada para as adolescentes em sua primeira depilação, pois além de provocar menos dor, permite a aplicação em pequenas regiões.

Cuidado: meninas que possuem varizes muito grandes devem evitar a cera quente, pois ela dilata ainda mais os vasos sanguíneos


Cera fria

- A técnica é mais prática para quem quer se depilar em casa. Existem kits à venda na farmácia com papelotes para aplicação e produtos pós depilação.

- Boa opção para levar em viagens longas, principalmente para o exterior.

- Garotas que tem sensibilidade ao calor e/ou grandes varizes podem utilizar a técnica.

Cuidados:

- Os pelos precisam estar mais compridos para a retirada, o que atrapalha bastante, principalmente no verão.

- A cera fria é mais dolorida.

- Se não for devidamente aplicada, pode quebrar os pelos.