Conheça os tipos de manchas na pele e saiba como se prevenir e tratar o problema

Por Aline Marchiori

Manchas na pele: saiba quais são os tipos e como tratá-las 

Foto: Shutterstock

Se você não é muito atenta aos cuidados com a sua pele, vamos mudar esta rotina! Que tal começar ficando ligada nas manchas e pequenas lesões? Elas podem ser sinais de doenças de pele, que se não tratadas, podem causar grande incômodo. Veja quais são elas e fique ligada!

Melasma

O que é?

É uma alteração de pele causada por uma interação dela com o sol. É a manifestação do excesso de melanina, que cria ilhas de pigmentação na superfície da pele. Em 90% dos casos se dá em mulheres, porque tem relação com a questão hormonal. O que acontece é que há uma interação dos hormônios femininos com a pele e a luz do sol, que causa manchas escuras na pele. 


Como é diagnosticado?

O diagnóstico é feito pelo quadro clínico. O médico observa manchas escuras no rosto, colo e, às vezes, no braço, sendo que tendem a piorar no verão e melhorar no inverno. 

Tratamento

Apesar de ser uma alteração inocente, deve ser feito um acompanhamento médico, que geralmente, indica cremes clareadores, peelings específicos e até mesmo o uso de lasers. Também é indicado o uso de filtro solar diariamente e que se evite a exposição exagerada ao sol.

Rosácea

O que é? 

É uma condição de pele que causa lesões avermelhadas com predileção pela região molar (bochechas) e pelo nariz. Ela pode causar só vermelhidão, com o aumento dos vasos sanguíneos na região da zona T (nariz, testa e queixo), e até bolas de pus que se assemelham à acne.

Como é diagnosticado?

Os principais sintomas são a vermelhidão no rosto com lesões vermelhas e inchadas, além de pequenos vasos sanguíneos visíveis. Além disso, a rosácea é mais comum em mulheres de pele bem clara. 

Tratamento

É feito com cremes e medicamentos via oral. Em casos em que há predominância dos vasos dilatados, o tratamento é à base de laser e luz pulsada. Quem tem rosácea deve evitar frio ou calor intensos, que é quando o quadro piora, vento gelado e comidas picantes. Não faz mal à saúde, mas se não tratada, pode piorar com o tempo, ficando mais visível. 

Vitiligo 

O que é? 

É uma doença causada pela perda de pigmentação da pele, que causa placas ou manchas brancas. O vitiligo é mais comum em adultos e jovens a partir dos 14 anos, mas existem formas de vitiligo também na infância.

Como é diagnosticado?

Geralmente, o próprio paciente consegue observar o surgimento das manchas brancas e, ao procurar o médico, ele conclui o diagnóstico. Infelizmente, é uma doença que não tem cura, mas pode ser tratada.

Tratamento

É considerada uma doença autoimune, onde o próprio organismo é responsável pela produção de anticorpos ou substâncias que atacam tanto o pigmento quanto as células que produzem os pigmentos. O tratamento é feito à base de medicamentos que inibem o sistema imunológico, mas também podem ser receitados cremes com corticoides e outras substâncias. Os casos mais fáceis de tratar são na face, porém, nas extremidades, como mão, pé e região genital, o tratamento é mais difícil.

Psoríase 

O que é? 

Assim como o vitiligo, é uma doença autoimune, na qual as células do corpo atacam a superfície da pele e aumentam a velocidade da replicação celular. Em vez da pele trocar a cada 30, 50 dias, na psoríase, em algumas partes do corpo, ela é feita a cada 15 ou 20 dias. É caracterizada pela presença de placas vermelhas escamosas e grossas na pele.

Como é diagnosticado?

Ao observar placas vermelhas e grossas, principalmente na região do cotovelo, joelho, nádegas e cabeça, o médico já consegue ter um diagnóstico prévio, porém, é uma doença que pode ser mais intensa devido a fatores como obesidade, síndrome metabólica, diabetes, pressão alta, etc.

Tratamento

Infelizmente, não há como prevenir. Uma vez que aparece, ela deve ser tratada. O tratamento é feito com cremes à base de corticoide, remédios que agem no sistema imunológico por via oral ou tópica, e até fototerapia. 

Quem deu as dicas: Claudio Wulkan, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia