Celebs / Se Liga / Manu Gavassi fala sobre seu primeiro livro: Olá, Caderno

Manu Gavassi fala sobre seu primeiro livro: Olá, Caderno

Conversamos com a girl e ela contou tu-do sobre seu novo livro, Olá, Caderno! Vem ver o papo com a Manu.

No comecinho desse mês a Manu lançou seu primeiríssimo livro e nós amamos! "Olá, Carderno!" conta a história de Nina e seu caderno, onde ela o usa como um diário e conta tudo sobre sua vida como uma adolescente de 17 anos, seja sobre acontecimentos na escola, no amor, compartilhando experiências e até mesmo desenhos, letras de músicas e poesias.

Conversamos com a Manu para ela contar um pouco mais sobre a história e todo esse processo de escrever um livro, olha só!

Como você decidiu escrever um livro?
Eu nunca tinha pensado em escrever um livro, na verdade! [risos]. Meu pai sempre falou que eu poderia escrever um livro, porque eu gosto muito de contar e inventar histórias, mas eu nunca levei isso muito a sério. Acontece que há uns dois anos eu tive uma ideia de um roteiro para uma série, e resolvi colocar isso no papel. Aí eu fui apresentar para um amigo roteirista e ele falou que estava muito legal, mas que eu não sabia escrever roteiro, que eu tinha feito uma narrativa [risos]. Acabei deixando isso um pouco de lado e depois de uns meses, conversando com uma amiga jornalista, ela me deu o maior apoio pra continuar a escrever, e eu resolvi continuar mesmo. Escrevi mais coisas, juntei tudo e apresentei para uma editora e eles adoraram!

E na hora de criar a Nina, o que te inspirou?
Muitas coisas! A Nina tem muito de mim, o que acaba ficando mais fácil na hora de por no papel e mais real também. Ela também tem muito da minha irmã mais nova, algumas coisas que ela passou, opiniões... Tem muito de amigas minhas também. A história familiar da Nina não tem muito haver comigo, mas sim com histórias de amigas muito próximas, que eu inclusive pedi permissão para escrever sobre. Então todas as situações do livro têm um pouco de verdade, porque ou eu passei, ou estive muito próxima de quem passou.

 

 

SP, liga agora na @aradiorock 89 ! Minha primeira entrevista do “Olá, Caderno” vai ser no programa de rádio do meu pai ??? @zeluizchico

Uma publicação compartilhada por Manu Gavassi (@manugavassi) em

 

Como foi o processo de escrever o livro? Era algo novo pra você!
Foi algo meio louco, meio freestyle [risos]. Eu acredito que para você ser um autor, você precisa ter uma certa organização, saber o que você vai escrever, a linha de acontecimentos da história... E eu não tinha nada disso! Eu nunca tinha feito nada parecido na vida e o livro começou a ser escrito meio que por acidente, então não fiz nada em ordem cronológica ou algo assim. Quando acabei, tive um trabalhão para juntar tudo!

Você já estava escrevendo o livro durante a turnê e quando lançou o álbum. Como foi essa transição da música para o impresso e como você conseguiu conciliar esses dois?
Até que foi muito tranquilo. Eu escrevia o livro quando estava em casa e eu sou uma pessoa que gosta muito de criar durante a madrugada. É um horário ótimo para ter ideias, escrever músicas... E escrever o livro também foi quase uma terapia. Eu escrevi coisas que ainda estava processando, entendendo ou até que eu passei durante a minha adolescência. Então foi tudo muito natural, não sofri na hora de escrever não.

Muitas celebridades e youtubers lançaram livros, mas a maioria eram autobiografias. Por que você decidiu fazer um fictício?
Eu pensei que ainda sou muito nova, ainda estou crescendo e me descobrindo. Achei que não faria sentindo escrever uma autobiografia, pelo menos não nesse momento.

E quais os planos agora? O livro foi um sucesso, saiu até como “mais vendido”! Já pensa em uma continuação ou quem sabe um novo livro?
No momento eu só estou curtindo que esse livro existe! [risos]. Ao mesmo tempo, o livro da uma super abertura para uma continuação. Eu já até comecei a pensar e organizar umas ideias, mas estou esperando mesmo ver se a galera vai gostar e quem sabe eu faço mais um!



Comentários