Em uma entrevista exclusiva a Fly descobrimos todos os baphos da carreira da banda. Confira!

Por Nathália Henrique | Foto: Reprodução | Instagram

A nova Fly: Caíque Gama e Paulo Castagnoli estão apostando em uma nova (e superdiferente) fase da banda! Basta ouvir o primeiro single do novo EP dos boys, Traiçoeira, uma versão de um reggaeton do cantor colombiano Sebastián Yatra. Se nós gostamos? AMAMOS! Pra saber mais, batemos um papo com os fofos para saber mais sobre isso e ainda levamos perguntas que as flyers fizeram – e eles responderam! Olha só: 

Vocês apostaram em um estilo totalmente diferente no novo EP com bastante influencias do reggaeton. Como rolou essa mudança?

A gente gosta muito do reggaeton. No Brasil é uma coisa relativamente nova, mas na América Latina é muito forte e a gente é muito ligado nesse tipo de música. Se for ver a nossa playlist, tem muito reggaeton.

Quais artistas mais inspiram vocês?

Desde sempre gostamos de Justin Bieber e Justin Timberlake. Eles são exemplos de artistas completos e nós crescemos ouvindo eles. The Weeknd, Maluma e Anitta também tem visões muito legais de música e se tornaram uma influencia pra gente.

Se vocês não fossem músicos, o que vocês seriam?

Caique: ator ou jogador de futebol

Paulo: eu não sei o que eu seria. Na verdade eu seria uma pessoa muito triste, com certeza [risos]. Não me imagino fazendo outra coisa

Pretendem lançar carreira internacional?

A gente sonha bastante. Mas, o nosso foco hoje mesmo é fazer shows pelo Brasil.

O que inspira vocês a compor?

Falamos sobre o que passamos no momento. Não necessariamente sobre amor, mas vai muito do momento e das nossas experiências.

Com quais artistas vocês sonham em fazer uma parceria?

Internacional a gente adoraria com o Justin Bieber, Selena Gomez. Aqui no Brasil a gente adora Onze:20, Natiruts, Anitta e Luan Santana.

Uma frase que defina este momento da banda:

A palavra FLY é a que nos define melhor. Ficamos bastante tempo parados e queremos voltar com tudo para mostrar nosso trabalho.

A saída do Nathan Barone fez com que vocês amadurecessem?

Tudo que acontece na vida é para a gente evoluir. Costumamos olhar sempre o lado positivo das coisas, para não ficarmos sofrendo. Então, o amadurecimento fez parte desse momento e esse tempo parado fez a gente refletir bastante.

Qual música vocês mais estão escutando no momento?

Sign Of The Times – Harry Styles.

Palavra que define o que sentem pelas fãs: 

Gratidão. Elas são tudo que nós temos, então só temos que agradecer!