Em um dos cenários que também foi usado no filme anterior, Shailene Woodley entrou para bater um papo com a Atrê!!! Vem ver

Texto Redação | Foto: Divulgação

Shailene Woodley

Foto: Divulgação

Em um dos cenários que também foi usado no filme anterior – a cela em que Peter e Quatro ficam presos, quem lembra? – Shailene Woodley entrou para bater um papo com a gente, interrompendo um pouquinho as filmagens de "Convergente". O resultado desse tempo precioso com a Tris Pior você vê agora!

Os desafios de Tris ficam mais tensos a cada filme. Você sente que ela está mais forte ou mais traumatizada?

Nesse filme, não exploramos tanto o lado emocional e psicológico do que ela precisa enfrentar na vida. Mas percebemos que sua fome por justiça e igualdade realmente aparece!

Em Insurgente, Tris estava lidando muito com a culpa e a raiva. E agora?

Acho que ela ainda sente um pouco de culpa neste filme, porque toma uma decisão que não é necessariamente a melhor e pode comprometer a segurança de quem ela ama. Mas acho que em Insurgente ela estava sofrendo mais de estresse pós-traumático do que desta vez.

Quando você aceita fazer um papel como este, está se comprometendo com três ou quatro filmes. Como se sente com isso?

O bonito de fazer uma série é criar uma família. Especialmente com esse grupo de atores. É tão especial ver a carreira de todos decolando! Trabalhei com Miles anos atrás e agora vejo seu sucesso. Theo e Ansel também têm vários filmes saindo em breve. É legal um apoiar o outro e também nos sentirmos à vontade entre nós.

Vocês se lembram do que fizeram no primeiro dia de gravação de Convergente?

Hum, não, porque aqui foi diferente. Em Divergente, o elenco estava todo junto. Em Insurgente e Convergente, as pessoas vêm e vão. Não nos vemos tanto porque não estamos todos aqui ao mesmo tempo.

Gif | Tumblr | Reprodução

E conta pra gente: para você, qual foi a cena mais difícil de ser gravada em Convergente?

Tivemos muitos momentos incríveis! Fizemos uma cena, estava muito calor, na qual tivemos de escalar uma montanha só com os equipamentos de escalada mesmo, sem as proteções de um set de filmagem. Deu medo, mas foi bem empolgante!

Você se lembra do seu primeiro dia na série em comparação a agora?

Sim, é muito diferente! Quando encontramos Tris pela primeira vez, ela é bastante vulnerável e se empodera pela primeira vez ao tomar sua própria decisão, sem se prender ao que sua família achava. Agora ela é uma sobrevivente, está por si. Não tem ninguém para apoiá-la, a não ser Quatro, mas neste filme eles estão meio separados. Ela é seu próprio pilar.

Revista Atrevida | Edição 259