Na real / Comportamento / 4 passos para você se amar mais

4 passos para você se amar mais

Dicas supersimples que vão dar um up na sua autoestima e ajudá-la a se amar mais

Muitas adolescentes, quando se olham no espelho, acham que está tudo errado com elas e não conseguem enxergar uma qualidade. Com esse sentimento, vem uma vontade de se isolar do mundo. Não por acaso, quem se sente assim acaba tendo mais dificuldade de se relacionar e até de aumentar o círculo de amigos. #sad

A boa notícia é que, para virar esse jogo e ficar de bem consigo mesma e com os outros, a única coisa de que precisa é força de vontade. “Se algo está ruim na sua vida, a única pessoa que pode mudar essa situação é você. E é bom começar pelo pensamento. Funciona assim: em vez de repetir que com você tudo dá errado, tente pensar positivo. No começo é difícil, mas com o tempo e a insistência, fica automático. E aí, a partir da sua melhora, tudo ao redor começa a ficar melhor também”, ensina a coach de comportamento Caroline Penteado, especialista em relacionamentos.

Na verdade, a Carol está falando sobre a importância de fortalecer a sua autoestima para se tornar mais confiante. E, na prática, isso pode ser mesmo mais complicado do que parece. Por isso, a Atrê consultou especialistas e adolescentes e reuniu, em 4 passos, tudo o que você pre-ci-sa para se amar mais, e, assim, ganhar o mundo. Sim, você pode - e deve!

Encare as dificuldades

A adolescência é uma fase difícil, de transição entre a infância e a vida adulta. A gente começa a descobrir do que gosta e do que não gosta, fica cheia de dúvidas e o pessoal em volta não facilita muito – os pais insistem nas cobranças e os amigos, nas piadinhas sem graça. “É tanta pressão que todo mundo fica um pouco bipolar. Mas o desafio é esse: pensar positivo e ver o lado bom das situações e de você mesma ainda que, do lado de fora, tudo pareça estar conspirando contra”, diz Caroline.

O que ela quer dizer é que a barra de crescer é grande, mas não vai adiantar fazer um drama de novela mexicana com isso. O bacana é se programar para fazer o contrário e levar uma vida mais leve.   

Espante o baixo-astral

Sabe aqueles dias em que você não tem vontade de levantar da cama, quando bate um desânimo geral com a vida e uma preguiça de encontrar as pessoas? É nessas horas que é importante levantar, procurar os amigos e ouvir uma música para dar aquele up no astral. O fundamental é mandar passear logo os seus pensamentos e sentimentos ruins, pra pôr só coisa boa no lugar. Parece difícil? Essa é a receita testada e aprovada pela leitora Ana Sofia*, de 16 anos. “Mesmo quando acordo mal, tento não mostrar isso pra ninguém. Esforço-me para sorrir e, assim, acabo pensando em mais coisas boas, além de atrair pessoas mais alegres. Quando percebo, já estou me sentindo melhor”, explica. Por outro lado, quem não faz esse esforcinho básico e já levanta da cama com cara de pãozinho amanhecido, acaba passando o resto do dia mal-humorado, reclamando de tudo e de todos e, claro, afastando as pessoas legais. E isso é justamente o contrário do que a gente quer, não é?

Faça coisas que gosta

Tente escolher e praticar algumas atividades só por prazer, sem compromisso, para se divertir. “É muito bom ter um hobby, encontrar algo que você goste e que possa fazer sem compromisso. Essa também é uma maneira de se valorizar, de reforçar a autoestima e de melhorar o astral”, indica o psiquiatra Leonard Verea.

Que tal começar aquele curso de fotografia, teatro, dança ou culinária que tanto queria? Quem sabe nessa você não encontra uma atividade que gosta, na qual é boa e dá um up na sua vida? Se estiver insegura, convide uma amiga. Ir acompanhada a esses lugares é sempre mais fácil e ainda mais divertido! E cá entre nós: não tem nada mais legal do que fazer algo diferente com a BFF, não é? Além de aprender coisas novas, vocês podem aproveitar para conhecer pessoas, aumentar o círculo de amizades, e atualizar as fofocas. O importante aqui é nunca deixar que essa atividade se torne uma obrigação. A ideia é fazê-la apenas para se divertir e liberar o estresse.

Não queira só agradar

A partir do momento em que colocou esse pensamento em prática e começou a se preocupar menos com as opiniões dos outros, a leitora Vitória*, de 17 anos, passou a viver bem melhor. Hoje em dia, quando ela fica meio deprê, recorre às BFFs, ou então, quando o problema são os amigos, dá um jeitinho de conhecer gente nova urgente. “Você sempre vai encontrar garotas que têm a ver com você e que vão aceitá-la do jeito que é”, garante.

Então, o segredo é investir no relacionamento com essas pessoas e simplesmente ignorar a torcida do contra. Daí, com o apoio de quem você ama, fica mais fácil seguir adiante, com toda a confiança e carinho do mundo. Não tem jeito, mesmo que você faça algo inacrê, nunca vai conseguir agradar a todas as pessoas. Sempre vai existir os haters que vão criticar e as pessoas que vão elogiar muito. Guarde essa frase como um mantra e não fique encanada em agradar a todo mundo, assim fica mais fácil (e leve!) viver a vida.

Bora colocar esses 4 passos em prática e ser muito mais feliz? 

*Para preservar a identidade das nossas entrevistadas, colocamos apenas o primeiro nome =) 



Comentários