30 jun 2017

Vivendo um dia de cada vez

Olá, pessoinhas lindas que acompanham o blog das Superatrês! Tudo bem com vocês? Comigo as coisas estão fluindo, aos poucos, mas estão fluindo, ainda bem.

Hoje vim aqui falar sobre como estou me sentindo em relação aos meus problemas psicológicos e como estou lidando com eles.

Já contei para as para a maioria das pessoas possível que tenho problemas psicológicos, mas não adianta, pois uma hora elas esquecem e me culpam por atitudes minhas que não posso controlar, como por exemplo, sumir sem dar satisfação. Estou cansada e quando acontece isso me dá mais vontade de sumir ainda, mas como sou uma pessoa que não desiste fácil das coisas, principalmente de viver, estou aqui firme e forte. As pessoas podem falar qualquer coisa que não me abalo facilmente, mas não era o que acontecia antes, pois eu não tinha experiência nenhuma com a vida e era frágil demais.

Muita gente ainda é sensível, mesmo tendo várias experiências com a vida, e isso é bom, penso eu, na maioria das vezes estão rodeados de pessoas que gostam, pois conseguem perdoar fácil e isso é uma coisa que aprecio, mas não consigo mais fazer, deve ser por esse motivo que não tenho muitos amigos. De vez em quando me sinto sozinha, confesso, mas é uma coisa que passa, pois tenho a minha família e confio muito nela, tenho todo o apoio do mundo.

Para quem não me acompanha no meu blog pessoal, e não sabe quais são os meus problemas, eu sofro de Transtorno Bipolar, Transtorno de Ansiedade e Depressão. Não é fácil conviver com esses problemas, mas nada que uma dose de amor de pessoas que amo e ouvir músicas de cantores que admiro não resolvam, e claro, remédios. Odeio dizer que dependo de remédios, pois não é uma coisa boa, mas que infelizmente é preciso para a minha melhora.

Os problemas que estou passando felizmente são passageiros como a maioria dos problemas de várias pessoas, pode demorar um tempo para passar, tudo o que tenho que fazer é me cuidar e tentar viver a vida normalmente, uma hora os problemas passarão e todo o meu sofrimento irá acabar. Se você que está lendo o meu post e está passando por momentos difíceis também, pense nisso, mesmo que seu problema não tenha solução, viva um dia de cada vez.

Eu vou ficando por aqui, pois já está tarde e amanhã acordo cedo. Espero que esse meu breve desabafo tenha te ajudado de alguma forma.

Um beijo e até o próximo post!