Até as celebs que amamos já tiveram momentos de insegurança com o próprio corpo. Hoje, elas esbanjam confiança e nos ensinam várias lições incríveis!

Celebs que aprenderam a amar o próprio corpo

Foto: Reprodução | Instagram

"Meu cabelo está estranho...", “será que estou gorda?”, “por que sou magra?”... Toda menina já encanou com algum desses tópicos – incluindo as celebs! Quer saber como cada uma aprendeu a amar o próprio corpo? Vem com a gente!

Demi Lovato

"Esta foto me faz sentir um mix de sentimentos. Me lembro do dia em que vesti essa roupa. Lembro de pedir por spanx [cinta modeladora] para apertar o meu estômago porque me sentia pesada e ‘gorda’. Vendo essa imagem agora dá para notar os ossos dos quadris! Isso me deixa triste porque desperdicei tantos anos da minha vida com vergonha do meu corpo quando eu poderia estar vivendo feliz e saudável, como hoje. Isso REALMENTE mostra o quanto as nossas percepções podem enganar OU nos ensinar a aproveitar a vida”.

O que aprendi com a Demi Lovato:

Foi pelo Insta que a cantora postou esta mensagem para comemorar a recuperação dos distúrbios alimentares e do bullying, provando que é possível – e vale a pena – se manter forte. Como diria a girl: stay strong!

Este post do Instagram da diva mostra que ela sempre foi linda, né?! 

Foto: Reprodução | Instagram

Meghan Trainor

Não tenho beijado garotos em anos! Continuo dizendo que vai valer a pena esperar pelo cara certo. Quando achá-lo vai ser tipo ‘uou! Por isso demorou tanto! Você é incrível!’”, contou para a Seventeen.

O que aprendi com a Meghan:

Meg sambou na cara do garoto que disse que só a levaria para sair se emagrecesse, transformando o fora em All About That Bass e deixando claro que não precisa vestir 38 para arrasar! Alguém tem dúvidas de que esse boy se arrependeu?

A girl está mais confiante do que nunca e arrasa por onde passa! 

Foto: Reprodução | Instagram

Taylor Swift 

As garotas populares não me achavam legal e bonita o suficiente, então elas pararam de falar comigo. Mas essas mesmas garotas reapareceram pedindo para que eu autografasse o CD delas. Foi esquisito, mas vi que não valia apena guardar mágoas”, revelou Tay para a revista People.

O que aprendi com a Taylor:

Dá para acreditar que uma cantora tão popular, que teve a ajuda de mais de 17 amigas para fazer o clipe de Bad Blood, foi excluída por ser “feia”? A loirinha já se sentiu insegura no colégio, quando tinha dentes desalinhados e cabelo com frizz. Mas foi na adolescência que ela pegou todas as dicas para valorizar o seu tipo de fio e viu o corpo de criança mudar, provando que basta ter paciência e se divertir enquanto aprende truques de beleza.

Tay deu a volta por cima e ainda mostrou que não guarda mágoas de ninguém. Arrasou, miga!

Foto: Reprodução | Instagram

Dinah Jane

Todo mundo sabe que sou uma garota grande. Eu costumava a ficar triste com isso, mas por eu ser Polinésia tenho ossos naturalmente largos. Percebi que era como se estivesse com vergonha da minha cultura e precisava parar de me criticar”, disse para a revista Seventeen.

O que aprendi com a Dinah:

Assim como Demi, a girl da Fifth Harmony já passou pela fase de não gostar das próprias curvas por conta do padrão de beleza imposto pela sociedade. Mas Dinah viu que além de ser uma marca da sua descendência, esse tipo de corpo é tão bonito quanto o das passarelas. Como ela disse no Twitter: “posso não ser a mais magrinha, mas continuo sendo a mais fofa”. Inspiração, né?

Dinah aprendeu que não é preciso se "encaixar" em padrões de beleza para se sentir linda

Foto: Reprodução | Instagram

Aprenderam com elas, girls?